Política

Líderes do Poder Executivo de São Ludgero viajam a Brasília e arrecadam recursos

Produtiva, apesar do pesado clima político. Esta é a avaliação feita pelo prefeito Volnei Weber sobre a viagem a Brasília, realizada na última semana. Entre os assuntos tratados, através de audiências, estavam a liberação de R$ 2,5 milhões num curto espaço de tempo para pavimentações, R$ 250 mil para compra de uma Escavadeira Hidráulica, articulação para liberação de uma creche e uma escola para o bairro Encosta do Sol, liberação de pagamentos para as obras do PAC 2 (bairros Divina Providência, Nossa Senhora Aparecida e Dona Jordina), visitas a ministérios para tratar de programas específicos e, ainda, protocolar inúmeras solicitações de emendas e apoios a deputados federais e senadores.

Para Volnei Weber, a viagem foi produtiva e um significativo volume de recursos deverá ser liberado em breve para São Ludgero. “Independente do clima político em Brasília, é preciso acompanhar de perto a tramitação das solicitações e projetos em relação às liberações de recursos. E, se o cenário não é favorável, mais um motivo para marcar presença e junto com o apoio dos representantes catarinenses e lideranças locais, garantir que o município continue sendo contemplado com recursos federais. Se antes já era difícil, imagine agora”, esclarece.

Em Brasília, ofícios assinados por lideranças locais de várias siglas partidárias foram protocolados nos gabinetes de deputados e senadores catarinenses. “Visitamos ministérios, deputados e senadores e protocolamos solicitações com ofícios assinados por várias lideranças políticas de São Ludgero que possuem representação em Brasília. As solicitações protocoladas foram para representantes do PMDB, PSD, PSDB, PR, PP e PT. Não olhamos partido político quando vamos a Brasília e sim defendemos projetos e solicitações que tragam melhorias para a população e a cidade de forma geral. Agradecemos todas as lideranças de partidos políticos que estão lutando para que recursos sejam liberados para nosso município”, ressalta.

Acompanharam o prefeito Volnei Weber e o vice Ibaneis Lembeck, na viagem a capital do país, os vereadores Lucas Peters e Valério Becker, bem como o Gestor de Projetos Jeferson Hemkemeier e o empresário Valmir Bratti.

Conheça os assuntos tratados em Brasília:

– No Ministério das Cidades tratada da liberação de R$ 1,5 milhão através do PAC 3 Pavimentações;

– Ainda no Ministério das Cidades, Departamento de Pagamentos, liberação de pagamentos referente às obras do PAC 2 (bairro Nossa Senhora Aparecida, Divina Providência e Dona Jordina);

– Autorização para licitação e compra de uma Escavadeira Hidráulica com recurso federal na ordem de R$ 250mil;

– Colocar no sistema o pagamento das ruas Conego Bernardo Füchter e Orleans, já licitadas e aguardando a liberação de recursos, na ordem de R$ 250 mil;

– Encaminhamentos quanto aos convênios referente as ruas Francisco Buss, Dona Verônica e Prefeito Luiz Füchter, na ordem de R$ 750 mil;

– Tratativa no Ministério da Educação quanto a liberação de recursos para construção de uma creche e uma escola, ambas para o bairro Encosta do Sol;

– Na Secretaria Nacional de Articulação – Casa Santa Catarina, com o secretário Acélio Casagrande, solicitação de apoio na liberação dos recursos federais em tramitação para São Ludgero;

– Novas solicitações protocoladas junto aos deputados federais e senadores catarinenses, bem como visitas a ministérios para esclarecimento sobre programas específicos etc…

Os custos com a viagem para Brasília

Os custos da viagem para Brasília ao Executivo Municipal de São Ludgero será somente com o prefeito Volnei Weber e o vice Ibaneis Lembeck e o valor total de ambos com transporte, alimentação e estadia é de R$ 6.270,86.

Colaboração: Bertoldo Kirchner Weber / Comunicação Prefeitura de São Ludgero

 

  • 1fe166a8e4b9a4cd8dd66904739caaf8
  • 1567afd098b85ec2f7c4bbfa383f963b