Saúde

Lote suspenso da Coronavac foi distribuído para cidades de SC

293 foram encaminhadas para três regionais de saúde

Divulgação

Um dos lotes da Coronavac suspenso pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) foi distribuído para cidades catarinenses. Segundo a Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive/SC), 293 doses foram encaminhadas para as Centrais Regionais de Rede de Frio de Lages (40), Xanxerê (252) e Chapecó (1).

A Anvisa informou neste sábado (4) que suspendeu por meio de medida cautelar pelo menos 25 lotes da vacina da Coronavac. Com a ação, fica proibida a distribuição e uso das doses envasadas em um local que não foi aprovado pelo órgão.

Até o momento a Dive/SC identificou apenas um lote em SC dos que foram suspensos pelo órgão de controle. O montante com 2.100 doses foi entregue no dia 27 de julho. Desse total, 293 foram distribuídos e 1.807 seguem armazenadas na Central Estadual de Rede de Frio.

A distribuição de vacinas contra Covid-19 em Santa Catarina acontece por meio de centrais regionais. São 17 ao todo. Os municípios retiram os imunizantes desses locais e levam para seus próprios postos de vacinação.

A Dive/SC não informou quais cidades retiraram essas vacinas. A Secretaria de Estado da Saúde (SES) disse que aguarda uma nota de orientação do Ministério da Saúde (MS) sobre o protocolo a ser adotado em relação as pessoas que possivelmente tenham recebido doses dos lotes suspensos.

As demais doses que seguem armazenadas, segundo a Dive/SC, não serão distribuídas até o Estado receber novas orientações.

Neste sábado (4) a Dive/SC distribuiu vacinas da CoronaVac para 129 cidades de Santa Catarina. As doses não são dos lotes suspensos. Elas estavam armazenadas para serem utilizadas como segunda dose (D2), e tiveram a distribuição adiantada com a confirmação de envio de novas doses pelo Ministério da Saúde. 

Medida não deve causar alarmismo, diz Butantan 

Em nota, o Instituto Butantan informou que “a medida da Anvisa não deve causar alarmismo” e que o próprio instituto alertou a agência por “extrema precaução”. 

O instituto disse ainda que “convida a cúpula da Anvisa para voltar a conhecer as instalações das fábricas da Sinovac” na China.

Com informações do NSCTotal

Notícias Relacionadas

Motociclista morre ao colidir com carreta na SC-441 em Jaguaruna

Segundo a guarnição de bombeiros, o homem não resistiu aos ferimentos e morreu no local

Onze detentos são indiciados por envolvimento na morte de colega de cela em SC

Sete dos suspeitos foram indiciados pelos crimes de homicídio qualificado e fraude processual. Outros quatro vão responder por falso testemunho.

Revista Legislativa

Vilmar Guedes é eleito presidente do Criciúma até 2024

Ex-vice financeiro assume no lugar que era de Anselmo Freitas, que renunciou ao cargo; novo mandatário prega continuidade