Saúde

Macaco morto em Urussanga e alerta reforçado contra a febre amarela

Gerência Regional de Saúde investiga novo caso. Animal localizado em Morro da Fumaça teve resultado inconclusivo.

Foto: Divulgação

O alerta contra a febre amarela continua rondando a região. Depois da confirmação da morte de um homem em Joinville no fim de março, a prevenção foi redobrada. A aparição de macacos mortos faz multiplicar a atenção, já que o animal é a primeira vítima nas regiões onde o mosquito transmissor atua.

A Gerência Regional de Saúde de Criciúma está investigando um novo caso. Um macaco foi encontrado morto na última sexta-feira em Urussanga. “E o que mais nos inquieta é que, na mesma comunidade, moradores relatam que mais dois ou três macacos já teriam aparecido mortos também”, informa o gerente regional de Saúde, Fernando de Fáveri. “Estamos com uma equipe no local apurando mais detalhes”, comenta.

Não foi possível a coleta de vísceras desse macaco encontrado morto em Urussanga. “Descobrimos que ele foi localizado na sexta-feira, isso dificulta”, observa. No caso mais recente, no começo de abril, houve o registro de um animal em óbito localizado em Morro da Fumaça. “Recebemos o resultado desse exame do laboratório, deu por inconclusivo, pois ele já estava morto havia um tempo quando coletamos as vísceras”, pondera Fáveri.

A primeira providência adotada nos casos anteriores em Morro da Fumaça e Criciúma, e repetida agora em Urussanga, é a vacinação de toda a população que vive em um raio de 300 metros do local onde estava o animal morto. Com essas suspeitas e investigações, a gerência orienta a população para procurar as vacinas. “Somente em Urussanga, cerca de 4 mil pessoas ainda não foram vacinadas contra a febre amarela”, adverte o gerente.

Com informações do site 4oito

Notícias Relacionadas

Morro da Fumaça amplia vacinação contra a Febre Amarela

Unidades de Saúde terão horário especial na quarta-feira, dia 10. Município também prepara um Dia D Extra para o próximo sábado, dia 13

Dive confirma 2º caso de macaco morto por febre amarela em SC

Animal foi achado no distrito de Pirabeiraba, em Joinville. Moradores da região foram vacinados. Macacos na região de Cocal do Sul e Urussanga também foram encontrados mortos.

Dia D contra a Febre Amarela será realizado neste sábado em Lauro Müller

O atendimento nestas três unidades será das 8h às 17h, sem fechar ao meio dia.

Ação visa acabar com criadouros após foco do Aedes aegypti ser encontrado em Orleans