Geral

Madeira retirada em local de futura obra de Lauro Müller está sendo reutilizada

Lenha está indo para Fundação Hospitalar Henrique Lage e toras serão usadas na produção de pranchas e vigas para pontes.

Divulgação

A madeira retirada no local da futura construção de pista para caminhada e ciclovia em Lauro Müller está sendo reutilizada dentro do município. A limpeza e preparação do espaço no bordo da SC-390, entre a Praça Paulo Gazola, no bairro Arizona, até a Estação Ferroviária, acabou retirando cerca de 300 árvores de médio e grande porte – maioria de eucaliptos – que, agora, estão sendo usadas para outras atividades, com quase totalidade de reaproveitamento de todas as árvores cortadas.

A maioria das plantas, que estão dentro do manejo de supressão vegetal, tem altura e diâmetro apropriados para uso como vigas em pontes e para corte, transformando as toras em pranchas para estrados em acessos de propriedades rurais, conhecidos como mata-burro. Elas foram transformadas em toras e estão sendo transportadas e armazenadas, aguardando o uso. As árvores menores e os galhos dos eucaliptos estão sendo cortados em pedaços e utilizados na cozinha da Fundação Hospitalar Henrique Lage, para preparo das refeições dos internos.

Toda a supressão entre a ponte de acesso Norte a Lauro Müller até a Estação Ferroviária está finalizada, com as toras e lenha aguardando transporte. Os trabalhos de corte continuam próximo ao acesso ao Arizona (Praça Paulo Gazola), o que requer atenção e cuidados dos pedestres. Para os motoristas, é preciso atentar para a carga e transporte das toras no bordo da SC-390, que continua nesta semana.

Divulgação

Para o prefeito Valdir Fontanella, a reutilização da madeira extraída da área de supressão é importante para a infraestrutura do município. “São madeiras de boa qualidade e que podem ser usadas em trabalhos no município, principalmente na manutenção de pontes. Podemos usar para construção de mata-burros, que trarão mais conforto para os agricultores. A lenha é usada pela Fundação Hospitalar Henrique Lage. Todo o uso dessa madeira retirada do local das obras traz economia”, ressalta o prefeito.

Pista para pedestres e ciclovia

O serviço de remoção da vegetação no bordo da SC-390 é necessária para a construção de uma pista para circulação de pedestres (caminhada) e ciclovia, com 955 metros de extensão. A pista vai ligar a Praça Paulo Gazola, no Arizona, até o início da Praça da Estação Ferroviária, proporcionando segurança e conforto para quem circula a pé entre os aglomerados urbanos.

A plataforma liga duas pontes pênseis, uma ponte de concreto, o Terminal Rodoviário Rolando Périco, estabelecimentos comerciais e residências. Para mais informações, o Governo Municipal disponibiliza o telefone (48) 3464-3122.

Notícias Relacionadas

Eleições 2020: Com possibilidade de chapa pura, PDT quer oferecer opção ao eleitor de Lauro Müller

O presidente do partido, Manoel Jades Izidoro, falou com exclusividade sobre os preparativos para as eleições municipais.

Idosos da Inclusão Digital e Alfabetização de Lauro Müller escrevem cartas contando cotidiano durante pandemia

O acompanhamento feito aos idosos integrantes do programa é feito pelo Governo do Município, através da Secretaria de Assistência Social de Lauro Müller e do Centro de Referência em Assistência Social (Cras).

Governo de Lauro Müller inicia obras para revitalização em Centro de Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, no Barreiro

O novo serviço vai atender jovens e adolescentes que integram o serviço coordenado pelo Cras, dando acompanhamento em local adequado e revitalizado.

No mês de aniversário do ECA, Conselho Tutelar de Lauro Müller faz resumo da história e ações no município

Para lembrar e celebrar o aniversário do ECA, o Conselho Tutelar de Lauro Müller montou um histórico das ações realizadas desde 1994, ano de criação do órgão no município.