Geral

Madeira retirada em local de futura obra de Lauro Müller está sendo reutilizada

Lenha está indo para Fundação Hospitalar Henrique Lage e toras serão usadas na produção de pranchas e vigas para pontes.

Divulgação

A madeira retirada no local da futura construção de pista para caminhada e ciclovia em Lauro Müller está sendo reutilizada dentro do município. A limpeza e preparação do espaço no bordo da SC-390, entre a Praça Paulo Gazola, no bairro Arizona, até a Estação Ferroviária, acabou retirando cerca de 300 árvores de médio e grande porte – maioria de eucaliptos – que, agora, estão sendo usadas para outras atividades, com quase totalidade de reaproveitamento de todas as árvores cortadas.

A maioria das plantas, que estão dentro do manejo de supressão vegetal, tem altura e diâmetro apropriados para uso como vigas em pontes e para corte, transformando as toras em pranchas para estrados em acessos de propriedades rurais, conhecidos como mata-burro. Elas foram transformadas em toras e estão sendo transportadas e armazenadas, aguardando o uso. As árvores menores e os galhos dos eucaliptos estão sendo cortados em pedaços e utilizados na cozinha da Fundação Hospitalar Henrique Lage, para preparo das refeições dos internos.

Toda a supressão entre a ponte de acesso Norte a Lauro Müller até a Estação Ferroviária está finalizada, com as toras e lenha aguardando transporte. Os trabalhos de corte continuam próximo ao acesso ao Arizona (Praça Paulo Gazola), o que requer atenção e cuidados dos pedestres. Para os motoristas, é preciso atentar para a carga e transporte das toras no bordo da SC-390, que continua nesta semana.

Divulgação

Para o prefeito Valdir Fontanella, a reutilização da madeira extraída da área de supressão é importante para a infraestrutura do município. “São madeiras de boa qualidade e que podem ser usadas em trabalhos no município, principalmente na manutenção de pontes. Podemos usar para construção de mata-burros, que trarão mais conforto para os agricultores. A lenha é usada pela Fundação Hospitalar Henrique Lage. Todo o uso dessa madeira retirada do local das obras traz economia”, ressalta o prefeito.

Pista para pedestres e ciclovia

O serviço de remoção da vegetação no bordo da SC-390 é necessária para a construção de uma pista para circulação de pedestres (caminhada) e ciclovia, com 955 metros de extensão. A pista vai ligar a Praça Paulo Gazola, no Arizona, até o início da Praça da Estação Ferroviária, proporcionando segurança e conforto para quem circula a pé entre os aglomerados urbanos.

A plataforma liga duas pontes pênseis, uma ponte de concreto, o Terminal Rodoviário Rolando Périco, estabelecimentos comerciais e residências. Para mais informações, o Governo Municipal disponibiliza o telefone (48) 3464-3122.

Notícias Relacionadas

Voos de drones, para captar informações geográficas de Lauro Müller, começam na próxima semana

Trabalho de coleta de informações é parte do Projeto de Gestão Territorial desenvolvido pela Unesc para o município.

Van capota e deixa criança gravemente ferida em Lauro Müller

Segundo informações extra-oficiais, a vítima que estava com os pais, foi arremessada para fora do veículo.

Joãozinho da Farmácia atende em novo endereço em Lauro Müller

Farmácia Nossa Senhora Aparecida muda de endereço, mas mantem tradição de 34 anos atendendo agora em frente a Praça Henrique Lage, ao lado da cabeceira da ponte, na entrada da cidade.

Mascotes da Festa do Agricultor de Lauro Müller fazem visitas a bairros e divulgam evento

Encontro com moradores acontece uma semana antes do início do evento e pessoas interagem com personagens, conhecendo atrações e programação da festa.