Segurança

Mãe pede medida protetiva após filho agredir família em Braço do Norte

O filho agrediu a irmã de 9 anos e quebrou objetos em casa

Foto: Divulgação

Na madrugada desta quinta-feira (29), os policiais militares de Braço do Norte, atenderam uma ocorrência de violência doméstica. O filho da vítima chegou em casa por volta das 2h30 da madrugada e ligou o som alto no quarto. A mãe pediu para que ele abaixasse o som e o filho começou a ameaçar que iria matar todo mundo.

O homem foi para cima de sua irmã de 9 anos. Ele quebrou um quadro de vidro após deferir socos, além de quebrar uma garrafa de cerveja e um copo na cozinha. A mãe informou os policiais que o filho é usuário de cocaína, maconha e álcool.

Visivelmente embriagado o filho estava com sinais de ter usado algum tipo de droga. A mãe pediu uma medida protetiva contra o filho e os policiais encaminharam o homem para a delegacia.

Notícias Relacionadas

Amurel recomenda que municípios adotem nova quarentena por causa da Covid-19

Associação dos Municípios da Região de Laguna (Amurel) contempla 18 prefeituras. A situação da região é considerada gravíssima pelo governo de Santa Catarina em relação à doença.

Idoso capota carro sobre a Ponte Anita Garibaldi, em Laguna

Motorista de aproximadamente 80 anos estava sozinho quando perdeu o controle do veículo com placas de Braço do Norte.

Clínicas e laboratórios particulares de Braço do Norte terão que informar a Prefeitura sobre exames para Covid-19 realizados

O Decreto 026/2020, assinado pelo prefeito, Beto Kuerten Marcelino, na noite deste domingo (12), visa garantir a transparência sobre os dados da doença no Município.

Após mais de 2 meses desaparecida, adolescente de 13 anos é resgatada de acampamento em mata de SC

Polícia Civil investiga suspeita de cárcere privado. Vizinho de 51 anos é procurado.