Geral

Mais de 15 milhões de eleitores ainda não fizeram biometria para as próximas eleições

Se o cadastro não for feito até maio do ano que vem, título de eleitor pode ser cancelado e não poderá votar.

Divulgação

Mais de 15,5 milhões de pessoas ainda não realizaram o cadastramento biométrico para votar nas eleições de 2020. Os dados, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), levaram em conta os locais onde a biometria já será obrigatória nas próximas eleições, que terão o primeiro turno em 4 de outubro. Nessa lista, estão mais de 4,5 mil municípios.

De acordo com o levantamento, quase sete milhões de eleitores já tiveram o título eleitoral cancelado. Salvador (BA), Recife (PE) e Guarulhos (SP) estão entre as cidades que compõem essa lista.

O cadastro biométrico será obrigatório em todo o Brasil apenas em 2022. Para regularizar a situação, os eleitores devem procurar os cartórios eleitorais até 6 de maio, prazo para encerrar o cadastro para as eleições municipais de 2020. Para saber se a sua cidade já exige a biometria, é preciso consultar o site do TSE.

Com informações do site 4oito

Notícias Relacionadas

Programa Previne Brasil quer incluir 50 milhões de brasileiros no SUS

Programa prevê investimento da ordem de R$ 2 bilhões

Eleições 2018: primeiras horas de votação são movimentadas em Orleans e Lauro Müller

Segundo o chefe da 23ª Zona Eleitoral, Fábio Mendes dos Santos, a demora se deve a adaptação de alguns mesários com o sistema de votação e o número de candidatos que o eleitor deve votar.

Principal meta dos brasileiros para 2018 é juntar dinheiro, mostra pesquisa

Segundo o SPC Brasil e CNDL, cerca de 85% dos brasileiros tiveram que fazer cortes no orçamento em 2017 e 31% temem não conseguir pagar as dívidas este ano.

Eleições 2018: TRE-SC estima concluir apuração no 2º turno até as 20 horas de domingo

A secretária da Corregedoria do TRE-SC esclarece que toda a estrutura da Justiça Eleitoral estará de plantão no dia da votação para tirar as dúvidas dos eleitores.