Saúde

Mais de 180 mil pessoas precisam ser vacinadas contra a gripe na região

Mobilização contra a influenza inicia nesta quarta-feira, 10, e segue até o dia 31 de maio para as pessoas que integram os grupos prioritários.

Foto: Divulgação

Apesar de ainda faltar dois meses para o início do inverno, a queda gradual na temperatura já começa a ser sentida no Sul do estado. E é com a chegada do frio que aumentam as chances de transmissão do vírus causador da gripe. Por isso, pessoas que estão em grupos de risco precisam ficar atentas e buscar a imunização, que passa a ser disponibilizada na rede pública de saúde a partir desta quarta-feira, 10. Neste ano, a campanha contra a influenza busca vacinar 182 mil moradores da região.

Já na 21ª edição, a mobilização contra a doença conta com alguns diferenciais. Um deles é que crianças com até seis anos incompletos também serão vacinadas, conforme orientação do Ministério da Saúde. Até então, a dose só era estendida àquelas que possuíam menos de cinco anos.

Outro ponto preconizado em 2019 é a divisão da campanha em etapas. Até o dia 19 de abril, a vacina será disponibilizada para crianças, gestantes e puérperas. Já entre 22 de abril e 31 de maio, data que marca o fim da ação, a imunização será ampliada aos demais grupos prioritários (trabalhadores da saúde, professores, idosos, população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional e portadores de doenças crônicas e condições especiais).

Na Região Carbonífera, a meta é imunizar 122.507 pessoas. Já no Extremo-Sul, o número é menor, alcançando 60.335 integrantes de grupos de risco.

Com informações do Portal DNSul

Notícias Relacionadas

PRF prende quadrilha especializada em furto de roupas em shopping centers na região de Tubarão

Os suspeitos confessaram que furtaram as roupas de lojas da região no final de semana e estavam indo vender as roupas em Tubarão.

PRF prende dois casais que realizavam furtos em mercados em Araranguá e região

Os policias conduziram os quatro ocupantes do veículo para a delegacia da Polícia Civil de Araranguá.

Governo anuncia realização de 800 cirurgias de catarata em Laguna e cidades do Extremo Sul

Segundo o secretário de saúde Acélio Casagrande, as cirurgias são rápidas e devolvem a visão a essas pessoas que aguardavam algum tempo na fila de espera.

Fumaça de queimadas da região da Amazônia chega ao Oeste de Santa Catarina

Ela também atingiu, segundo os mapas, a região Sul catarinense. Mas como o dia estava mais nublado na região, a fumaça não chegou a ser perceptível.