Geral

Mais de 180 participantes durante a 14ª Jornada Médica Sul Catarinense

Com recorde de público, evento se encerrou neste sábado (17).

Divulgação

Abordando as especificidades das salas de emergência, a 14ª Jornada Médica Sul Catarinense encerrou, neste sábado (18), com recorde de público. Ao todo, mais de 180 profissionais médicos e estudantes de medicina da Universidade do Extremo Sul Catarinense (Unesc), Universidade do Sul de Santa Catarina (Unisul) e Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC – Polo Araranguá), presenciaram palestras, talks e debates sobre os mais variados assuntos ligados ao tema do evento: a “Medicina de Emergência”.

E o evento cumpriu seu principal propósito. “Conseguimos aproximar médicos já atuantes com acadêmicos de medicina dos três principais polos de ensino da nossa região”, frisou o diretor da Regional Médica da Zona Carbonífera, Dr. Daniel Meller Dal Toé.

Com a integração, a Jornada Médica ilustra o objetivo da Regional Médica, que é o de abordar temas médicos atualizados para educação continuada dos profissionais da região. “Este é o nosso ponto de partida para que estudantes possam conhecer o cotidiano de um médico e se prepararem para os desafios que a profissão oferece, principalmente na sala de emergência”, completou Dal Toé.

Experiência que complementa

Quem garantiu o aprendizado durante os dois dias de evento foi o acadêmico de medicina, Pedro Henrique Barp. Cursando a 9ª fase do curso, ele resolveu participar da 14ª Jornada Médica para acelerar os estudos. “É uma excelente maneira de agregar conhecimento para nós, estudantes”, parabenizou.

Durante o primeiro dia de evento, na sexta-feira (16), o estudante pode entender melhor o lado humano da profissão que escolheu. “A palestra abordou a carreira médica como um todo, mas também a necessidade de que sejamos profissionais íntegros e que respeitam a vida”, comentou Barp. Já no segundo dia, as palestras e talks curtos, porém técnicos, prenderam a atenção do acadêmico. “Muitos tópicos foram debatidos de maneira concisa e eficiente, aprendi muito durante a Jornada”, garantiu.

Sucesso na 14ª Jornada Médica

Superando expectativas no número de inscritos, a 14ª Jornada Médica abordou a psicologia e suicídio como temas de emergência, bem como atendimento pré-hospitalar, gastroenterologia, arritmia, dores torácicas, choque séptico e emergências neurológicas. “Foram todas palestras de alto nível, didáticas e, principalmente, relevantes para os profissionais e os acadêmicos de medicina que estiveram presentes”, disse o diretor científico da Regional Médica da Zona Carbonífera, Dr. André de Luca. “Com certeza um evento para ficar marcado e que agregou muito aos atuais e futuros médicos da nossa região”, finalizou de Luca.

Colaboração: Comunicação Novo Texto 

Notícias Relacionadas

Adeus vício: participantes do grupo de Tratamento do Tabagismo de Siderópolis recebem certificados

Esse grupo foi o primeiro realizado nesse ano. O segundo grupo já está com inscrições abertas.

Vivamo promove jantar com ex-participantes do Masterchef Profissionais

Restaurante na Praia da Gamboa terá jantar especial preparado a seis mãos

Revista que conta a história do futebol no Sul de SC é lançada em Orleans e Lauro Müller

Avanços do setor plástico são discutidos em seminário de Criciúma

Atividades realizadas pelo Sinplasc ocorreram nesta quinta-feira, no Senai de Criciúma