Saúde

Mais de 200 pacientes morreram em SC à espera de leito para Covid em março

Levantamento levou em consideração documento do MPSC e dados de hospitais e prefeituras.

Divulgação

Pelo menos 218 pacientes da Covid-19 morreram em Santa Catarina no mês de março enquanto esperavam por um leito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) ou enfermaria especializado para a doença. O número leva em conta um documento divulgado pelo Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) e um levantamento feito pelo G1 (veja abaixo mais detalhes).

Desde 1º de março, ocorreram 3.208 mortes por Covid-19 no estado. Ainda no início da segunda quinzena, se tornou o mês com maior número de óbitos ocorridos no estado desde março de 2020.

O dia mais crítico até o momento foi o último dia 22, quando 143 pessoas perderam a luta contra o coronavírus, média de 1 morte a cada 10 minutos. A média é de 107 óbitos ocorrendo diariamente no estado. Em 30 dias, em apenas nove houve menos de uma centena de mortes.

Santa Catarina passou de 800 mil casos confirmados de Covid-19 desde março de 2020, sendo que 10.752 destas pessoas morreram por complicações da doença. Os dados são do boletim do governo do estado de terça. Nos hospitais, 302 pacientes aguardam por um leito de UTI Covid.

Mortes de pacientes à espera de leitos
Entre o dia 1° de janeiro até 18h21 de 22 de março, 194 pessoas haviam morrido no estado à espera de um leito de UTI Covid adulto, segundo ofício da Secretaria de Estado da Saúde (SES) enviado ao MPSC. Desde então até a terça-feira (30), pelo menos mais 24 pacientes também morreram enquanto aguardavam por um leito especializado, de acordo com levantamento feito com nove hospitais e 15 prefeituras.

Dados enviados ao MPSC

Entre o dia 1° de janeiro até 22 de março, 233 pacientes não resistiram à espera por um leito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) especializado em Covid-19, segundo documento da Secretaria de Estado da Saúde (SES) enviado ao Ministério Público de Santa Catarina (MPSC).

A alta de óbitos ocorreu em março, com 194 casos. Se comparar com janeiro, o aumento foi de 6.466% nos casos de solicitações de busca por UTI adulto Covid para pacientes que estavam recebendo assistência médica em ambiente hospitalar nas emergências ou unidades de internação clínica e foram encarradas com informação de óbito.

  • Janeiro – 70 solicitações de busca por UTI adulto Covid – 3 encerradas com óbitos
  • Fevereiro – 478 solicitações de busca por UTI adulto Covid – 36 encerradas por óbito
  • Março – 1.024 solicitações de busca por UTI adulto Covid – 194 encerradas por óbito (até o dia 22/03, às 18h21)

Com informações do site G1/SC

Notícias Relacionadas

Santa Catarina registra dois novos casos de coronavírus e divulga plano de contingência para enfrentar a doença

Coronavírus em SC: Santa Catarina salta 16 posições e está entre os estados com menor incidência da doença no país

As estratégias de isolamento social e combate ao coronavírus levaram Santa Catarina a avançar para posição de destaque nacional no enfrentamento à pandemia.

Produtor do melhor mel do mundo, Santa Catarina prevê safra acima da média em 2020

Santa Catarina tem uma série de fatores que, naturalmente, favorecem o cultivo de um mel diversificado e até mais puro.

Santa Catarina tem menor taxa de desocupação e de pessoas na informalidade do país, aponta IBGE

A Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD-Covid 19) também apontou que a proporção de domicílios que receberam algum auxílio emergencial passou de 43% em junho para 44,1% em julho