Geral

Mantida pena para homem que furtou residência e se exibiu em selfie no celular da vítima em Laguna

O inusitado da situação é que sua prisão ​ocorreu após o homem alterar o status de um aplicativo de mensagem no celular que havia furtado da vítima para incluir uma foto sua

Divulgação

Um homem que cumpria ​duas penas privativas de liberdade, porém já em regime aberto, voltou a delinquir e ter nova condenação confirmada pe​lo Tribunal de Justiça de Santa Catarina. Por invadir um apartamento na cidade de Laguna, no sul do Estado, e de lá furtar pertences do proprietário, em janeiro de 2020, ele recebeu nova pena, agora de quatro anos, um mês e 23 dias de reclusão mais 16 dias-multa.

O inusitado da situação é que sua prisão ​ocorreu após o homem alterar o status de um aplicativo de mensagem no celular que havia furtado da vítima para incluir uma foto sua, com boné e óculos levados do apartamento em que invadiu após escalar a sacada. Um print da selfie foi tirado da imagem e apresentado na delegacia de polícia onde fora registrado o boletim de ocorrência e imediatamente os policiais identificaram o autor do crime.

Em depoimento, apesar de ter negar o ocorrido, o homem, além de não possuir alíbi para o dia do furto, não manteve a coerência nas informações prestadas. A decisão, da 5ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Santa Catarina, foi unânime em manter a condenação (Apelação Criminal Nº 5000710-68.2020.8.24.0040/SC)

Notícias Relacionadas

Natal Show da Educação em Braço do Norte é cancelado

A medida se faz necessária para cumprir as Portarias n. 1303/2021 e n. 1305/2021, ambas da Secretaria de Estado da Saúde

Satc lança curso de elétrica para funcionários de cooperativas

Curso, que terá seu início em março de 2022 é destinado a técnicos, engenheiros ou pessoas que interagem em manutenção e construção de redes de energia elétrica

PP de Lauro Müller promoverá Convenção Municipal nesta quinta-feira

O evento ocorrerá a partir das 19h30min, no Balneário Godinho, e contará com a presença de lideranças estaduais.

Cidades de SC alteram programação de Réveillon após portaria com novas regras para eventos

Protocolo do governo proíbe eventos com mais de 500 pessoas e que provoquem aglomerações