Geral

Manutenção interromperá fornecimento de água neste domingo, em Tubarão e em Capivari de Baixo

Os motoristas devem ficar atentos, a avenida Presidente Getúlio Vargas, na divisa entre os municípios, ficará fechada para o tráfego de veículos.

Foto: Divulgação

A Tubarão Saneamento realizará neste domingo (26), das 5h às 19h, manutenção para melhoria no sistema de abastecimento de água em uma das redes que atende o município de Capivari de Baixo. Para executar a manobra, a distribuição de água precisará ser interrompida para esta região e, deve afetar também o bairro Revoredo. Os motoristas devem ficar atentos, a avenida Presidente Getúlio Vargas, na divisa entre os municípios, ficará fechada para o tráfego de veículos.

Com o término dos trabalhos existe a possibilidade de alteração na coloração da água. A Tubarão Saneamento orienta aos usuários, que residem nestas localidades, para que fechem o registro do cavalete às 4h30 de domingo (26) e abram a partir das 19h30 do mesmo dia.

A Concessionária ainda solicita a compreensão dos usuários e recomenda, enquanto o abastecimento não é normalizado, a utilização da água existente nos reservatórios internos, de forma consciente. Dúvidas pelos telefones: 0800 648 9596 e 48 3052-7400 ou ainda no site www.tubaraosaneamento.com.br.

Colaboração: Comunicação Plantão Assessoria 

Notícias Relacionadas

Covid-19: Estados defendem manutenção de estrutura criada na pandemia

Ao menos 21 mil leitos foram disponibilizados, segundo Conass

Após eventos climáticos, 342 escolas da rede estadual estão com manutenção em andamento ou concluída

As escolas da rede estadual estão em período intenso de manutenções na estrutura física após o ciclone que atingiu Santa Catarina

Bolsonaro sanciona MP que criou programa de manutenção do emprego

Medida prevê suspensão de contratos e redução de jornada e salários

Reunião discute fornecimento de energia elétrica para bairros da região agrícola de Criciúma

Pauta foi discutida pelo prefeito Clésio Salvaro em encontro virtual realizado com o presidente da Celesc, Cleicio Poleto Martins