Segurança

Marido bate em esposa e acaba agredido por vizinhos em SC

Depois do atendimento médico, homem seria levado em flagrante à cadeia

Divulgação

Um homem foi agredido pelos vizinhos depois de bater na própria esposa em Indaial, no Vale do Itajaí, na noite deste domingo (14). A mulher pediu ajuda ao sofrer a violência doméstica e os populares arrombaram a porta para conter o agressor. Ele recebeu voz de prisão e atendimento médico.

O caso foi registrado pela Polícia Militar no bairro Carijós depois das 23h. A vítima, de 50 anos, contou que o marido, 51, iniciou a violência depois que o celular dele foi furtado. Ela foi agredida a socos e empurrões. O homem também tentou estrangular a companheira com as mãos.

Ao ouvirem os pedidos de socorro, alguns vizinhos entraram na casa e expulsaram o homem também com violência. Quando os policiais chegaram, o morador estava na rua, ensanguentado, com lesões no rosto e braço. Ele não contou quem foram os responsáveis pelos machucados.

O casal foi levado ao Hospital Beatriz Ramos. A mulher recebeu alta e foi prestar depoimento na delegacia. O homem, por conta do ferimento no braço, ficou na unidade de saúde para observação. Ele seria levado à cadeia assim que deixasse o local. Segundo a PM, ele já tinha duas passagens policiais.

Com informações do NSCTotal

Notícias Relacionadas

Jovem morre afogado após salvar criança e adolescente no rio em SC: “Herói”

Corpo de Eduardo Cordeiro foi encontrado na manhã deste domingo (5)

Criança de seis anos é resgatada após queda de dois metros, em Paulo Lopes

Aeronave transportou a vítima até o Hospital Infantil Joana de Gusmão, em Florianópolis

Defesa Civil de SC emite alerta para temporais neste domingo com vento forte e granizo

Dia de altas temperaturas pode ter registro de chuva intensa em um curto intervalo de tempo por todo o Estado, de acordo com a Epagri/Ciram

Beach clubs de Jurerê têm que demolir estruturas feitas após 2005, determina STF

Para o advogado, o STF não determina a demolição das estruturas, e afirma que elas podem ser "readequadas" a partir de requerimento