Geral

Matrículas para educação profissional são suspensas

Foto: Divulgação / DS

O Governo do Estado decidiu não abrir mais neste ano as vagas de cursos técnicos divulgadas previamente para o segundo semestre pelos Centros de Educação Profissional – Cedup. Em Tubarão, 380 vagas para nove cursos deixarão de ser ofertadas por conta da decisão. Sem saber da notícia, centenas de pessoas passaram a madrugada de ontem na fila do Cedup Diomício Freitas.

Segundo o diretor do Cedup de Tubarão, João Batista de Souza, a notícia veio de última hora e pegou todos de surpresa. “Acreditamos que a medida seja pra cortar gastos. O problema é que toda a divulgação já tinha sido feita e havia essa expectativa de quem precisa de uma colocação no mercado de trabalho”, explica João Batista.

Os cursos seriam nas áreas de indústria, comércio, informática e saúde, e teriam início agora no segundo semestre com duração de um ano e meio. A alternativa adotada em Tubarão para não frustrar por completo os candidatos foi fazer uma pré-inscrição de quem estava na fila para as vagas que poderão ser abertas no primeiro semestre de 2019.

Mariângela da Silva foi uma das pessoas que passaram a madrugada na expectativa de ingressar em um dos cursos profissionalizantes. Ela saiu de Braço do Norte, onde mora, às 4h de terça e foi atendida às 10h do mesmo dia no Cedup. “Estou desempregada e quero fazer o curso de técnico em enfermagem. Temos que aproveitar quando instituições oferecem oportunidades de graça, mas pelo jeito vai ficar só para o próximo ano”, conta Mariângela.

Situação será debatida

O secretário executivo de Desenvolvimento Regional de Tubarão, José Ricardo Medeiros, confirmou que deve conversar pessoalmente com representantes da Secretaria de Educação do Estado nos próximos dias. “A princípio, parece que a situação é irreversível. Mas vamos tentar descobrir o porquê de as vagas serem fechadas e se realmente não existe nenhuma possibilidade de elas serem ofertadas ainda em 2018”, disse o secretário.

O diretor do Cedup de Tubarão também confirma que os diretores dos Centros de Educação Profissional do Estado estão unidos para tentar reabrir as vagas ainda neste ano.

Com informações do Jornal Diário do Sul

Notícias Relacionadas

Projeto Ver retorna ao Sul do Estado com 990 cirurgias de catarata

Nesta quarta-feira (14), iniciam as cirurgias de catarata para 207 pacientes da Amrec, em Nova Veneza, e da Amurel, em Braço do Norte.

Comissão aprova nome de José Nei Ascari ao TCE

Obra da CME avança no Hospital Santa Catarina, em Criciúma

Projetos para o Mar Grosso e acesso Norte são aguardados