Saúde

Matriz de Risco aponta apenas uma região em situação grave e 15 em risco gravíssimo

Todas as regiões do Estado foram avaliadas com risco máximo (nota 4), ou seja, em nível gravíssimo no quesito capacidade de atenção, que é o que avalia a taxa de ocupação de UTIs

Divulgação

A Matriz de Risco Potencial divulgada neste sábado, 22, pela Secretaria de Estado da Saúde (SES) aponta que apenas uma região de Santa Catarina foi classificada no patamar Grave (cor laranja) e outras 15 na situação Gravíssima (cor vermelha) para a transmissão da Covid-19.

Apenas a região da Grande Florianópolis se manteve no nível laranja. As regiões Médio Vale do Itajaí e Nordeste foram reclassificadas para a situação gravíssima.

Todas as regiões do Estado foram avaliadas com risco máximo (nota 4), ou seja, em nível gravíssimo no quesito capacidade de atenção, que é o que avalia a taxa de ocupação de UTIs.

Na semana passada, a única região avaliada com risco máximo em todos os quesitos foi a do Alto Vale do Rio do Peixe. Nesta semana, Alto Uruguai Catarinense, Serra e região Meio Oeste receberam a pior avaliação em todos os índices avaliados pela matriz: evento sentinela (elevação do número de óbitos); transmissibilidade (variação do número de casos); monitoramento (número de exames RT-PCR para Covid-19 processados pelo Lacen) e capacidade de atenção (ocupação dos leitos de UTI).

Notícias Relacionadas

Canadá passa Israel e agora é o 1º país que mais vacina no mundo

O gigante da América do Norte superou Israel, que vacinou 63% do seu povo e agora já tem mais de 64% dos canadenses vacinados com a primeira dose.

Confira como foi a manifestação contra Bolsonaro que aconteceu em Tubarão neste sábado (19)

Confira como foi a manifestação contra Bolsonaro que aconteceu em Tubarão neste sábado (19)

Recém-nascida é encontrada abandonada em sofá velho em Três Barras

Polícia Militar foi acionada após vizinha de casa desocupada ouvir choro da menina na madrugada deste sábado.

Serra do Rio do Rastro terá alterações de horário na segunda-feira

A partir de terça-feira, 22, o tráfego volta a ser fechado nos horários já estipulados.