Clima

Mau tempo mantém SC em atenção e Defesa Civil alerta para risco de novos temporais

Sistema de alta pressão é o principal responsável pelo fenômeno que já causou estragos na Grande Florianópolis e no Médio Vale do Itajaí

Divulgação

Para quem pensou que a chuva ia dar uma trégua durante o fim de semana, más notícias. A previsão, segundo a Defesa Civil, é de que o tempo permaneça chuvoso em Santa Catarina até a próxima segunda-feira (18), inclusive com chances de queda de granizo em algumas regiões.

A atuação de um sistema de alta pressão é o que tem causado a instabilidade no tempo no Estado. Por isso, desde a noite de quarta-feira (13), há chances de temporais com riscos de descargas elétricas, rajadas de vento de até 90 km/h e queda de granizo, principalmente na região Oeste, segundo a meteorologista da Defesa Civil, Elen Pelissaro.

— A chuva começa no Oeste, mais forte, e vai se dissipando pelo Estado, mas de maneira mais fraca, até a madrugada desta quinta-feira — diz.

Já na sexta-feira (15), outra condição faz com que a chuva permaneça em Santa Catarina. Segundo Elen, a passagem de uma frente fria fará com que o fenômeno ocorra, de forma generalizada, em todo o Estado, até a manhã de sábado (16). No domingo também deve chover, principalmente em cidades do Litoral.

Mas por que tem chovido tanto em SC? 

Segundo o meteorologista chefe da Defesa Civil de Santa Catarina, Murilo Fretta, são alguns os fatores que contribuem para o tempo chuvoso no Estado. Entre eles, o fim do período do La Ninã, o que causa uma época de neutralidade e, com isso, as chuvas. Além disso, ele salienta que historicamente outubro é um mês onde há maior ocorrência do fenômeno.

— Outubro é um mês chuvoso em Santa Catarina, assim como em janeiro e fevereiro. O que muda é a região. Porém, o que tem acontecido é a passagem de áreas de baixa presão, com o aporte da umidade da região amazônica, que favorece o desenvolvimento de nuvens [de chuva] — explica.

Chuva intensa na Grande Florianópolis e Vale

Nos últimos dias, cidades da Grande Florianópolis e do Vale do Itajaí registraram grandes volumes de chuva. Em Santo Amaro da Imperatriz, por exemplo, choveu 134,2 milímetros em 24 horas, quantidade esperada para todo o mês, o que causou estragos em alguns bairros e estradas foram interditadas.

A cidade também decretou situação de emergência nesta quarta-feira.

Já em Guabiruba, no Médio Vale, a chuva provocou alagamentos segundo a Epagri/Ciram. De acordo com a prefeitura, os bairros Planície Alta, Lageado Alto e Lageado Baixo foram os mais afetados.

Os três rios da cidade foram atingidos pelas chuvas

Os três rios da cidade foram atingidos pelas chuvas – Defesa Civil, Divulgação

Chuva elevou nível da água e Rio Cubatão transbordou em alguns trechos

Chuva elevou nível da água e Rio Cubatão transbordou em alguns trechos – Defesa Civil, Divulgação

Deslizamentos de terra foram registrados em Santo Amaro da Imperatriz

Deslizamentos de terra foram registrados em Santo Amaro da Imperatriz – Defesa Civil, Divulgação

Ruas foram interditadas em Santo Amaro da Imperatriz por causa da chuva

Ruas foram interditadas em Santo Amaro da Imperatriz por causa da chuva – Defesa Civil, Divulgação

Volume de água já atinge algumas casas da região

Volume de água já atinge algumas casas da região – Defesa Civil, Divulgação

Fretta diz que a chuva persistente nas regiões ocorreu devido a passagem de um sistema de alta pressão, que causou instabilidade no tempo.

— Essa instabilidade, somado ao transporte intenso de chuva, favoreceu a convergência dos ventos sobre o litoral catarinense e, por isso, essas cidades foram as mais afetadas. Com a nova condição de temporal, esses alertas continuam, principalmente para o solo úmido e encharcado, onde pode ocorrer deslizamentos — pontua.

Sol deve voltar na próxima semana 

Para quem está ansioso para a volta do sol, deverá esperar até a próxima semana. Segundo a meteorologista da Defesa Civil, Elen Pelissaro, o tempo volta a ficar ensolarado na próxima terça-feira (19), permanecendo assim, ao menos, até quinta-feira (21).

Já segundo a Epagri/Ciram, a previsão é de que as condições favoráveis para a abertura de sol ocorram na metade da próxima semana, no dia 22 de outubro.

Com informações do NSCTotal

Notícias Relacionadas

Engenheiro da Famor esclarece aos vereadores de Orleans sobre trabalhos realizados

Na Ordem do Dia, foram aprovados Projeto de Lei Complementar, Moção de Apoio, Requerimento e Indicação.

Um projeto de lei e seis proposições pautam sessão do Legislativo de Lauro Müller

Atletas de Muay Thai, Karatê e Jiu Jitsu de Criciúma conquistam pódio em competições

Disputas foram no Rio de Janeiro e em Videira

“Ela era o tesouro da vida dele”, diz tia de policial morto pela filha em SC

Neife Werlang, de 46 anos, foi morto na sexta-feira (18) em São Miguel do Oeste; duas suspeitas estão apreendidas em Chapecó