Geral

Mecânico de Orleans é condenado por comprar carro roubado, remarcar chassi e vendê-lo

O acusado terá que cumprir seis anos de prisão, em regime inicialmente semiaberto.

Foto: Divulgação

O Tribunal de Justiça de Santa Catarina confirmou sentença que condenou um mecânico de Orleans pelo crime de receptação qualificada por comprar carro roubado, remarcar chassi e vendê-lo. O acusado terá que cumprir seis anos de prisão, em regime inicialmente semiaberto.

Segundo os autos do processo, o condenado adquiriu o carro e o escondeu num depósito de seu estabelecimento. O objetivo, segundo a Justiça, era colocá-lo a venda ou eventualmente repassar suas peças comercialmente. Em seguida, com o chassi remarcado e a placa alterada, o carro foi vendido para outra pessoa.

A defesa alegou insuficiência de provas e ausência de dolo, já que o condenado “não teria intenção de cometer qualquer ilícito e sempre desenvolveu suas atividades profissionais pautado na seriedade de sua conduta e no compromisso de melhor atender seus clientes, sem jamais prejudicar outras pessoas”. A câmara do TJ rejeitou tais argumentos.

O desembargador Norival Acácio Engel, relator da apelação, afirmou que tanto a autoria como a materialidade do delito estão amplamente demonstradas no processo. “O apelante é experiente no conserto de automóveis, e comprou o veículo com registro de furto/roubo, com a placa alterada, e posteriormente adulterou sinais de identificação, a exemplo do número do chassi e do motor, para revenda”, registrou Engel.

As testemunhas e as provas documentais seguiram na mesma direção. Para o órgão colegiado, não há como absolver o réu com tamanha carga de provas contra ele. A decisão foi unânime, com determinação de imediato cumprimento da pena.

Notícias Relacionadas

Apoio ao candidato Vitorassi para eleição da Coorsel se intensifica durante reuniões com associados

Na noite de hoje (16), às 19h30min, os associados da comunidade de São Gabriel são convidados a participarem do encontro com os candidatos, em Treze de Maio.

Sentença de pronúncia levará para júri casal acusado por homicídio cometido com espada em Orleans

Segundo os autos, os crimes aconteceram em março deste ano, no bairro Rio das Furnas

Ex-secretário de Administração de Orleans e empresa tem bens bloqueados

Segundo o Ministério Público, Eduardo Bertoncini era responsável pela pasta na gestão do ex-prefeito Marco Antônio Bertoncini Cascaes

Justiça confirma resultado de licitação que gerou economia de R$ 12 milhões pela Saúde do Estado

A licitação foi realizada pela Secretaria da Saúde para fornecimento de ventilação domiciliar e tratamento de oxigenoterapia a pacientes catarinenses.