Geral

Menina de 1 ano que lutava contra síndrome rara morre em Tubarão

Yasmin Caires não pegava nada com a mão. E vivia entre a sua casa e a UTI neonatal, por causa de pneumonias

Foto: Divulgação

A menina Yasmin Caires, de 1 ano e oito meses, que lutava desde os primeiros dias de vida contra uma síndrome rara, morreu na manhã desta sexta-feira. Ela apresentava um quadro de epilepsia, crise convulsiva, tinha um atraso na formação do cérebro, não conseguia comer pela boca, apenas pela sonda gastro.

Yasmin veio a óbito em função de diversas complicações em seu quadro de saúde. Há cerca de dois meses para tentar melhorar a situação da família, foi iniciada uma campanha de Vakinha Online. Os gastos não eram compatíveis com a renda da família. O pai da bebê está com câncer, e não consegue trabalhar. Além disso, precisa ficar sempre com o ar condicionado e o oxigênio ligados.

O sepultamento de Yasmin ocorreu às 17h desta sexta-feira, no Cemitério Horto da Saudade, no bairro Monte Castelo. A missa de corpo presente ocorreu às 16h, na Capela Nossa Senhora Aparecida.

Com informações do Jornal Notisul

Notícias Relacionadas

Denúncia de bullying será investigada em Tubarão

Uma das acusações é que um professor e outra aluna do colégio passaram tinta e cola no cabelo da criança.

Menina morre e irmã fica ferida após queda de árvore

Crianças brincavam no local quando telhado desabou após ser atingido por tronco. Cidades tiveram alagamentos e deslizamentos.

Polícia suspeita que criança de 1 ano tenha sido abusada sexualmente em Tubarão

O Boletim de Ocorrência foi registrado na madrugada desta sexta-feira (16)

Menina de 7 anos é assediada na porta de escola em Imbituba

Conforme relatos, o acusado teria molestado a menina ao pegá-la no colo e oferecido um sorvete. A mãe, de imediato, flagrou a situação e socorreu a filha.