Geral

Metalúrgicos de Nova Veneza terão 7% de reajuste salarial

Aprovação aconteceu em assembleia com os trabalhadores ao meio dia desta quinta-feira (30).

Foto: Maristela Benedet

Os cerca de 1,1 mil metalúrgicos que atuam na região do Caravaggio, em Nova Veneza, aprovaram na Assembleia de hoje (30), ao meio dia, em frente ao Santuário, 7% de aumento geral para aqueles que recebem até R$ 5 mil – sendo 5% em janeiro e 2% em abril. O atrasado de janeiro será pago na folha de março e o de fevereiro na folha de abril.

Na proposta patronal do Sindicado das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e Material Elétrico de Caravaggio – Simec aceita pelos trabalhadores, o abono passa de R$ 393,00 para R$ 449,20 e será repassado nas férias dos funcionários.

“Não foi um índice ideal diante da insegurança econômica mas teve um ganho real”, disse o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos de Criciúma e região (Sinmetal), Francisco Pedro dos Santos.

A região concentra empresas de médio e grande porte como: Metalúrgicas Spillere, MDS, Erus, Nobre, Fundicar e as siderúrgicas Spillere e Colina.

Colaboração: Maristela Benedet

Notícias Relacionadas

A União Faz a Vida promove segunda Mostra de Projetos

Estudantes apresentarão conhecimentos construídos a partir de práticas que possibilitam a autonomia e cooperação.

Restaurantes, hotéis, bares e similares do Sul de SC fecham acordo coletivo

O salário da categoria teve o reajuste de 5,56%, alcançando o salário mínimo fixado no estado.

Atleta de Nova Veneza é campeã do nacional de atletismo escolar em Natal

Larissa da Silva Lúcio, de 16 anos, competiu em duas provas: salto em altura e 800 metros

Funcionários de hospital de Nova Veneza entram em greve por pagamento de salários

Segundo sindicato, apenas atendimento de emergência é realizado. Hospital deve R$ 70 mil da folha de pagamento de junho, conforme entidade.