Saúde

Ministério aprova novas tecnologias para combate à tuberculose no SUS

Foram incorporados medicamentos e uma técnica de diagnóstico

Divulgação

O Ministério da Saúde aprovou novas tecnologias a serem incorporada no Sistema Único de Saúde (SUS) para o tratamento de tuberculose: dois novos medicamentos e uma técnica de diagnóstico.

A definição foi tomada pela Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no SUS em reunião nos dias 5 e 6 de agosto. Os dois medicamentos admitidos para os tratamentos foram a delamanida e a bedaquilina.

Eles podem ser utilizados em situações em que pacientes apresentam resistência aos remédios empregados no método tradicional. No caso da delamanida, a Organização Mundial da Saúde indica que ela seja ministrada somente quando as demais alternativas não funcionaram.

Já a bedaquilina é sugerida para quem possui resistência à rifampicinas, remédio bastante considerado mais ativo contra o bacilo TB.

O método de diagnóstico avalizado foi a cultura e teste de sensibilidade a antimicrobianos em meio líquido automatizado. Segundo o Ministério da Saúde, isso ampliará as possibilidades de exame da doença no país.

Notícias Relacionadas

Coronavírus em SC: Fapesc aprova cinco projetos de pesquisa e destina R$ 500 mil a estudos sobre Covid-19 no estado

O edital buscava estudos que apontassem soluções para o combate à epidemia e seus efeitos na sociedade e na economia.

Alagamentos e enchentes exigem ações para prevenção de doenças

Braço do Norte unifica as medidas para combate ao Covid-19, seguindo na íntegra as determinações do Governo Estadual

A iniciativa visa facilitar a vida dos cidadãos braçonortenses, uma vez que estavam vigentes no Município medidas mais restritivas em comparação com as editadas pelo Governo do Estado.

Legislativo aprova parceria entre ACIVA e Prefeitura para instalação de câmeras de monitoramento em Araranguá

Projeto aprovado por unanimidade no legislativo prevê a instalação de dez câmeras de monitoramento em Araranguá