Geral

Modelo de Excelência em Gestão de Criciúma é apresentado e encaminhado ao Ministério da Economia

Validação do ministério facilitará a obtenção de recursos junto ao Governo Federal

Divulgação

A equipe da Prefeitura de Criciúma apresentou o Modelo de Excelência em Gestão (MEG) do governo municipal para os secretários, diretores, coordenadores e convidados. Além da apresentação dos sete fundamentos e o plano de melhoria da gestão, o programa foi enviado para validação externa do Ministério da Economia. O encontro ocorreu na última quarta-feira (29), no Salão Ouro Negro, do Paço Municipal Marcos Rovaris.

Durante sete semanas, os profissionais estiveram à frente da implantação do MEG. “Nós fizemos realmente um ‘garimpo’ na prefeitura, buscando identificar as boas práticas na gestão e conseguimos respostas para, pelo menos, 95% das questões relacionadas aos sete fundamentos. Acreditamos que vamos ter um bom resultado e enviamos para validação com muita confiança e orgulho do trabalho que realizamos”, frisou a gestora municipal de convênios e coordenadora do MEG, Caroline Brunel Matias.

O grupo elencou algumas melhorias de gestão ao governo municipal, como elaborar um plano para criação e implementação do Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC) e ampliação do projeto de robótica para atender 1,5 mil estudantes e a construção de dez salas maker por ano, para o desenvolvimento desse projeto até 2023, entre outras iniciativas.

“É muito importante para o nosso município implantar o MEG, pois contribui muito para alcançarmos uma excelência na gestão. Ficamos muito felizes com o resultado final e com empenho da equipe. Além disso, dependendo da nossa avaliação final, podemos ter mais facilidade para obter recursos junto ao Governo Federal”, explicou o secretário-geral, Vagner Espíndola Rodrigues.

MEG

O MEG possui sete fundamentos: governança, orientação em processos, capital intelectual, sustentabilidade, compromisso com as partes interessadas, estratégias e planos e geração de valor público.

Os municípios com mais de 50 mil habitantes, como Criciúma, precisam implantar o modelo. Foi necessário responder todos os questionários relacionados aos sete fundamentos até a data prevista. Com encaminhamento do programa ao órgão federal, será gerado uma pontuação de 0 a 100 pontos. Essa pontuação poderá interferir no recebimento dos recursos por parte do Governo Federal.

Notícias Relacionadas

Balneário Rincão ganha rota gastronômica com 26 locais para conhecer

Iniciativa faz parte do Plano Municipal de Turismo e visa transformar a cidade em um destino turístico durante o ano inteiro

Região Sul do país tem melhora nas desigualdades sociais em saúde, diz FioCruz

Mesmo com a “ligeira redução”, como define a FioCruz, 65 dos 84 municípios que estiveram classificados na lista dos mais desiguais da Região Sul no início da pandemia permanecem nessa condição

SC tem aumento de 271% dos casos confirmados de dengue no 1º semestre de 2022

No Estado, 77 pessoas tiveram mortes confirmadas pela dengue neste ano

Criança de 2 anos é atropelada por ônibus em SC

Bombeiros informaram que a menina teve ferimentos graves e foi levada ao hospital; ela sofreu fraturas expostas