Trânsito

Moradores protestam na BR-470 e suplicam por passarelas

Cartazes e camisetas estampavam os rostos de Vera de Souza Melo e Cleonice Brizola, que junto com o marido de Vera, foram atropelados a caminho do mercado

Divulgação

Moradores organizaram um protesto na manhã deste sábado (20) para reivindicar a construção de uma passarela na altura do quilometro 35 da BR-470, em Gaspar, no Médio Vale do Itajaí. Às margens da rodovia, por volta das 9h, o grupo lamentou as inúmeras vítimas de atropelamento no trecho.

Cartazes e camisetas relembravam as mortes de Vera de Souza Melo, 44 anos, Cleonice Brizola, 52, e Waldemir Melo, 51, que foram atropelados a caminho do mercado no dia 8 de novembro. Elas morreram no local. Ele faleceu uma semana depois no hospital de Blumenau.

Reivindicações oficiais por passarelas em cinco pontos de BR-470, entre os Kms 34 e 40, são resgistradas desde 2015. Na última década, 69 pessoas morreram atropeladas nos primeiros 100 quilômetros da BR-470, ou seja, de Navegantes a Apiúna. 

O levantamento é da Polícia Rodoviária Federal (PRF), feito em agosto deste ano, e considera apenas os óbitos nos locais, não em hospitais. É o quarto tipo de acidente mais comum da rodovia em uma lista com 11 motivos.

Tipos de acidentes com mortes ocorridos na BR-470, entre Navegantes e Apiúna, de 2011 a 2021
Tipos de acidentes com mortes ocorridos na BR-470, entre Navegantes e Apiúna, de 2011 a 2021

(Foto: PRF, divulgação)
Com informações do NSCTotal

Notícias Relacionadas

Vereadores de Lauro Müller aprovam Proposições, Requerimentos, Projetos de Lei e Projeto de Resolução

No Grande Expediente, oito vereadores aproveitaram para fazer seus pronunciamentos.

Satc Digital e Coopera firmam parceria para a aplicação do ensino corporativo

De forma gratuita, cinco cursos livres foram lançados nesta segunda-feira e estão disponíveis para a comunidade

Número de casos ativos de Covid-19 despenca em SC e índice é o menor em 17 meses

Dados mostram que o Estado vive um momento menos delicado da pandemia, e caminha para um processo de estabilização

Assistência Social de Criciúma entrega alimentos para instituições sociais no Parque das Nações

Ao todo, foram distribuídos 960 kg de carne, 1.500 kg de banana, 60 cestas básicas e 90 kits de legumes para 30 instituições