Geral

Mortes por afogamento caem 24% em Santa Catarina neste verão

Foram registradas 22 ocorrências entre os dias 18 e 31 de janeiro deste ano, durante Operação Veraneio; maioria das vítimas é homem

Divulgação

Santa Catarina registrou diminuição de 24,14% de mortes por afogamento em relação ao mesmo período do ano passado. O índice avalia os dados de 18 a 31 de janeiro, quando iniciou a alta temporada da Operação Veraneio, conforme boletim de Corpo de Bombeiros divulgado nesta terça-feira (2).

A maioria das vítimas é homem, totalizando 19 das 22 ocorrências registradas nesse período. A média de idade é de 32 anos. Segundo os bombeiros, foram 13 afogamentos em água doce e nove em água salgada.

Confira as dicas elaboradas para evitar afogamentos nas praias segundo o Corpo de Bombeiros:

  • Ao chegar na praia procure ficar o mais próximo de um posto de Guarda-Vidas;
  • observe a bandeira do posto, sendo que: bandeira vermelha indica “alto risco”, bandeira amarela “médio risco” e bandeira verde “baixo risco”;
  • bandeira lilás indica a presença de “águas-vivas”;
  • observe também a bandeira na faixa de areia, sendo que a bandeira vermelha indica “local perigoso”, ou seja, naquele local existe um risco diferenciado (buracos, corrente de retorno, entre outros perigos);
  • ao entrar na água a referência que deve-se ter é: “água no umbigo é sinal de perigo”, pois uma pequena onda poderá fazer você perder o equilíbrio;
  • se você se encontrar em uma corrente de retorno, mantenha a calma e nade paralelo a praia. Nadar contra a correnteza somente fará com que você perca a força e fique cansado;
  • se você for entrar na água tenha alguém te observando, sempre que possível. Por mais que saiba nadar, você pode ser acometido de um mal estar ou mal súbito, podendo se afogar;
  • não ande nos costões, você pode escorregar e cair no mar;
  • se você ingeriu bebida alcoólica ou fez uma refeição recentemente, não entre na água;
  • se estiver com criança, ou pessoas com alguma vulnerabilidade, peça pulseirinhas de identificação nos postos de Guarda-Vidas;
  • se você presenciar um afogamento chame os Guarda-Vidas; ligue 193; lance algum objeto flutuante para a vítima e jamais tente nadar para salvá-la!

Com informações do NDMais

Notícias Relacionadas

Força-tarefa faz balanço das primeiras 20 horas de atuação

A equipe multisetorial iniciou o trabalho às 23h de sexta-feira (26) e continuará atuando enquanto durarem os decretos.

Bebê recém-nascida morre vítima da Covid-19 no Vale do Itajaí

A criança tinha apenas 13 dias de vida, segundo informações da prefeitura de Indaial

SC tem 8 casos da variante brasileira do coronavírus após mais 3 confirmações

Três pacientes de Manaus hospitalizados em Florianópolis estavam com variante do vírus. Outros 5 casos foram identificados na capital, em Joinville e Rio do Sul.

Dez pacientes graves estão à espera de vagas de UTIs Covid em SC

Todos estão hospitalizados em leitos de enfermaria de quatro regiões diferentes do Estado