Segurança

Motorista embriagado causa capotamento em ponte de Laguna

Três pessoas ficaram feridas no acidente, que envolveu um veículo que pertence ao serviço de saúde do município de Jacinto Machado.

Divulgação

Um motorista embriagado causou um acidente seguido de capotamento na madrugada desta sexta-feira (8), na ponte Anita Garibaldi, em Laguna, no Sul de Santa Catarina. O carro que capotou pertence ao serviço de saúde do município de Jacinto Machado, no Extremo Sul Catarinense. Três pessoas ficaram feridas.

A colisão foi registrada por volta de 4h20, no sentido Sul/Norte da rodovia BR-101.

Segundo a PRF (Polícia Rodoviária Federal), o motorista de um Toyota/Corolla, com placas de Laguna, bateu na traseira de um Chevrolet/Spin, que pertence à prefeitura de Jacinto Machado. Após a colisão, o Spin acabou capotando.

Os três ocupantes do Spin tiveram ferimentos e foram conduzidos ao hospital de Laguna. O caso considerado mais grave é do motorista do carro da secretaria de Saúde.

Conforme a PRF, o motorista do Corolla não teve ferimentos e tentou fugir do local do acidente. Ele foi detido pela polícia e submetido ao teste do bafômetro, que apontou 0,72 miligramas de álcool por litro de ar expelido. O motorista foi conduzido à Delegacia de Polícia de Laguna.

Com informações do site ND Mais

Notícias Relacionadas

Idoso capota carro sobre a Ponte Anita Garibaldi, em Laguna

Motorista de aproximadamente 80 anos estava sozinho quando perdeu o controle do veículo com placas de Braço do Norte.

Homem fica preso nas ferragens após acidente com dois veículos na SC-108, em Criciúma

A colisão ocorreu entre dois veículos no Bairro São Simão por volta das 15h20 desta quarta-feira (11)

Colisão frontal deixa dois em estado grave na SC-108, entre Orleans e Urussanga

Um dos motoristas ficou preso às ferragens e teve o carro cortado para ser socorrido pelo Corpo de Bombeiros.

Motorista que passeava por Garopaba com CNH falsa é condenado a 3,6 anos de reclusão

O documento tinha a foto dele, mas o nome era de outra pessoa. Na delegacia, os policiais descobriram a verdadeira identidade do réu e constataram que havia contra ele um mandado de prisão em aberto, por roubo tentado.