Trânsito

Motorista morre após caminhão entrar na área de escape da BR-376 e carga atingir a cabine em SC

Carreta com dois semi-reboques estava carregada de madeira

Divulgação

Um motorista morreu após o caminhão que estava conduzindo entrar na área de escape da BR-376 e a carga atingir a cabine na manhã de sábado (25). De acordo com a Arteris Litoral Sul, concessionária que administra a rodovia, a carreta com dois semirreboques estava carregada com madeira.

De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o motorista seguia de Guaratuba no sentido Santa Catarina quando saiu da pista em direção à área de escape e adentrou 75 metros antes de tombar. Ainda não é possível saber se o caminhão estava com problemas mecânicos.

Segundo a Arteris, durante o atendimento, foi verificado que a madeira que o veículo transportava adentrou a cabine. O motorista, ainda não identificado, morreu no local. A área de escape ficou interditada após o acidente e foi liberada próximo a meia-noite.

Antes da chegada do socorro, motoristas que passavam pela região tentaram auxiliar a vítima.

Meia hora antes, outro motorista já havia morrido na mesma rodovia após uma carreta carregada com óleo de cozinha tombar, no km 676,5. O óleo vegetal se espalhou por toda a pista e o trânsito precisou ser desviado pelo acostamento. A concessionária da rodovia e a PRF foram acionadas para a ocorrência.

Com informações do NSCTotal

Notícias Relacionadas

Homem que matou estuprador é condenado a 14 anos de prisão em Criciúma

O crime aconteceu em fevereiro de 2019, quando a vítima foi assassinada a tiros por Y.D.C., à época com 23 anos, no bairro Cristo Redentor, em Criciúma

São Ludgero foi sede da reunião do Colegiado de Educação da Amurel

O evento foi aberto e coordenado pelo Assessor da Amurel, responsável pela área de Educação

Governador Carlos Moisés destaca inovação catarinense durante Circuito Inova SC

O reitor do Unibave, Guilherme Valente de Souza, destacou o momento ímpar vivido pela Acafe e por cada universidade comunitária do Estado

Santa Catarina reduz a cinco meses intervalo para dose de reforço em idosos

A logística de encaminhamento de doses para os municípios tem ocorrido de forma ágil e leva em conta a estimativa populacional do IBGE