Trânsito

Movimentação de veículos continua alta depois de feriados, na BR-101

O fluxo nas pistas duplicadas cresce até 50% no tráfego de longo curso entre os meses de dezembro a março

Foto: Muriel Albônico

Passados os feriados de Natal e final de ano, a quantidade de veículos em circulação pela BR-101 Sul catarinense ainda é alto, seguindo a média histórica para a rodovia federal durante a temporada de Verão.

O fluxo nas pistas duplicadas cresce até 50% no tráfego de longo curso entre os meses de dezembro a março, reduzindo o espaço para movimentação na plataforma e requerendo maior atenção dos motoristas. Com mais carros e caminhões em circulação há menos intervalo para manobras de ultrapassagens, conversões, retornos ou entradas no trânsito.

Nos trechos duplicados da BR-101 Sul em Santa Catarina, a velocidade máxima permitida é de 110 km/h para veículos de pequeno porte e 90 km/h para veículos maiores. No Rio Grande do Sul, com a duplicação das pistas finalizadas, o limite de velocidade é menor, fixado em 100 km/h para veículos pequenos e 80 km/h para veículos pesados.

Nas travessias urbanas gaúchas o limite de velocidade é de 80 km/h, independentemente do tamanho do veículo. Já nas travessias urbanas catarinenses, o limite de velocidade não sofre alteração.

Segundo o artigo 29 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), os motoristas precisam guardar distância de segurança lateral e frontal, ao bordo da pista, considerando-se a velocidade e as condições climáticas. Sem a manutenção da distância de segurança, aumenta a possibilidade de colisões traseiras, em caso de redução de velocidade ou parada brusca do veículo que segue na frente. O texto não apresenta metragem especifica para distanciamento entre os usuários em tráfego, porém, a recomendação do DNIT/SC é que a separação deve ser de, no mínimo, 20 metros.

Fique atento para a redução de velocidade entre as pistas de tráfego em longo curso e o acesso às vias laterais. Nas ruas que margeiam a BR-101 Sul o limite máximo de velocidade está fixado entre 40 km/h a 60 km/h. Nessas vias, os motoristas devem ter atenção redobrada quanto ao fluxo local de veículos e a circulação de pedestres.

Segmentos de pistas nos postos da PRF têm a velocidade limite em dois estágios, sendo reduzida para 90 km/h, num espaço de desaceleração, e passando a ser de 60 km/h na área próxima à entrada e saída de viaturas.

Outros segmentos em que há redução de velocidade estão situados entre o km 257 ao km 260, da entrada do túnel do Morro Agudo a ponte sobre o rio Cova Triste, em Paulo Lopes, entre o km 337 ao km 339, na Transposição do Morro do Formigão, em Tubarão e entre o km 66 ao km 68, em Maquiné, no Morro Alto. Nesses segmentos, a velocidade limite é de 80 km/h.

Colaboração: Muriel Albônico – Assessor de Comunicação do DNIT/SC

Notícias Relacionadas

Condutor é preso após tentar atropelar um policial federal rodoviário na BR-101, em Biguaçu

O homem de 24 anos estava com um com um veículo roubado. A ocorrência foi registrada na manhã do último sábado (13).

Morador de Lauro Müller é baleado durante assalto a ônibus de comerciantes na BR-101; Veja vídeos

PRF flagra quase 12 toneladas de excesso de peso em caminhão na BR-101 em Criciúma

O caminhão carregava tijolos e tinha placa do Rio Grande do Sul.

Em audiência pública, municípios do Sul decidem ir à Justiça para reverter questão dos pedágios na BR-101

As três associações de municípios que serão impactados pela implantação das praças de pedágios no trecho Sul da BR-101 se reuniram na Arena Multiuso Prefeito Estêner Soratto da Silva, em Tubarão