Geral

Movimento nos aeroportos deve ser 41% menor neste fim de ano

Infraero estima em 1,91 milhão o número de passageiros.

Divulgação

Administradora de 48 aeroportos brasileiros, incluindo Congonhas (SP) e Santos Dumont (RJ), a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) estima que o número de pessoas que usarão seus terminais durante as festas de fim de ano será 41% menor que há um ano.

Pelos cálculos da estatal aeroportuária, os 32 aeroportos com voos comerciais regulares que estão sob sua responsabilidade receberão 1,91 milhão de passageiros, entre hoje (18) e o próximo dia 4. Durante as festas de fim de ano de 2019, 3,27 milhões de usuários passaram pelos aeroportos administrados pela Infraero, que respondem por cerca de 30% da movimentação de passageiros no país.

A previsão é que, no mesmo período, ocorram 16,4 mil pousos e decolagens – um número 40% inferior ao registrado no período de festas entre 2019 e 2020. Os dias de maior movimento devem ocorrer entre 21 e 23 de dezembro e 4 de janeiro, quando muitas pessoas retornarão das festas.

Segundo a Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear), a partir da segunda quinzena de dezembro e até o fim da semana que vem, a média diária de decolagens previstas para ocorrer em todos os aeroportos do país oscila entre 72% e 70% da média das semanas anteriores à confirmação da presença do novo coronavírus no Brasil, no fim de fevereiro.

De acordo com a entidade, se, em média, 1.663 partidas diárias se concretizarem, a movimentação durante o mês de dezembro ficará em torno de 69% do nível pré-crise sanitária. Para para a primeira semana de março, estavam previstos, em média, 2,4 mil partidas domésticas diárias nos aeroportos do país.

Segurança

Para tentar minimizar os riscos de contágio pelo novo coronavírus, a Infraero recomenda que os usuários procurem antecipar o check-in por meio dos canais digitais da empresa aérea..Também aconselha a terem cópia da passagem no celular, para não ser necessário manusear cartões de embarque impressos.

De acordo com regras adotadas em todos os aeroportos do país, a estatal recomenda que, em caso de viagens nacionais, as pessoas cheguem ao aeroporto com, no mínimo 1h30 antes do horário do voo. Se o voo for internacional, o aconselhável é chegar com pelo menos 3 horas de antecedência.

É necessário manter o distanciamento físico, respeitando as sinalizações e evitando aglomerações. O uso de máscaras é obrigatório tanto no aeroporto quanto durante a viagem. Dispensadores de álcool foram espalhados pelos aeroportos e recomenda-se que as pessoas que fizerem compras em lojas, restaurantes ou lanchonetes evitem utilizar dinheiro, priorizando o pagamento com cartões ou aparelhos de celular.

Com informações do site Agência Brasil

Notícias Relacionadas

Segunda parcela do 13º: especialistas do Sicredi dão dicas sobre como investir

Para a Instituição Financeira Cooperativa, atenção às dívidas e planejamento são fundamentais antes de decidir o destino desse dinheiro.

Anac reforça monitoramento em aeroportos no período de férias

Mais de 11 milhões de pessoas devem passar pelos terminais do país

Prefeitura de Criciúma anuncia recesso de fim de ano dos servidores municipais

Secretários municipais irão organizar escalas de plantão nos setores. Período de recesso será entre os dias 23 de dezembro de 2019 e 6 de janeiro de 2020.

SC: Governo do Estado não fará recesso neste fim de ano

Decreto foi publicado nesta segunda-feira.