Giro Estadual

Mulher ateia fogo no marido para se defender de agressões em SC, mas acaba presa

Caso foi registrado neste domingo em Rio dos Cedros no Vale Médio do Itajaí, após homem procurar atendimento médico

Divulgação

Uma mulher jogou álcool e ateou fogo no marido para se defender de agressões em Rio dos Cedros, no Médio Vale do Itajaí. O caso foi descoberto após o homem procurar o hospital da cidade com queimaduras pelo corpo e uma lesão na cabeça. Ao atender a ocorrência, a Polícia Militar descobriu que a moradora estava foragida. Ela foi presa.

O homem de 43 anos buscou ajuda médica na manhã deste domingo (19). Ele relatou à equipe que tinha ingerido bebida alcoólica e não se lembrava do que havia ocorrido. A PM foi acionada e seguiu até a casa dele, na Estrada Geral Rio Esperança. Lá, encontraram a mulher de 40 anos.

Ela contou que o companheiro a agrediu com uma faca e chicote, causando-lhe lesões na perna. Quando pegou um machado para continuar a violência, ela pegou uma garrafa de álcool e jogou contra ele. Na sequência, ateou fogo.

Horas depois, já na manhã de domingo, os dois foram ao hospital, onde o homem permaneceu hospitalizado. Ao registrar o boletim de ocorrência, a PM verificou que contra a mulher havia um mandado de prisão ativo por estupro. Ela foi levada ao presídio de Blumenau.

Com informações do NSCTotal

Notícias Relacionadas

Grave acidente na BR-282 deixa uma pessoa morta e outra ferida em SC

Segundo a PRF, até o momento da publicação desta matéria, o trânsito fluía lentamente nos dois sentidos da rodovia

Greve de caminhoneiros tem apoio de 48% da categoria em SC

Santa Catarina é um dos Estados que mais apresenta "resistência" à greve, aponta pesquisa que ouviu mais de 2 mil caminhoneiros em todo o Brasil

São Ludgero antecipa para amanhã (26) a segunda dose da vacina contra Covid-19

A Sala de Vacinas funciona na ESF Margem Esquerda das 7 às 16 horas sem fechar ao meio-dia

Epagri amplia monitoramento do vento junto ao Porto de Imbituba

Ele explicou que a estação anemométrica foi instalada, a pedido do Porto, numa posição estratégica junto ao cais