Segurança

Mulher cai em “golpe da recompensa” e perde mais de R$ 3 mil em Tubarão

O crime foi praticado por dois homens que a abordaram na saída de uma agência bancária no bairro Humaitá.

Foto: Divulgação

Mais de R$ 3 mil, além do celular e a bolsa com documentos foram levados de uma mulher durante um golpe na tarde desta quinta-feira em Tubarão. O crime foi praticado por dois homens que a abordaram na saída de uma agência bancária no bairro Humaitá.

Após sacar o valor e colocar em sua bolsa, a mulher foi abordada pelos criminosos. O primeiro deles afirmou à vítima que teria encontrado um bolo de dinheiro e dividiria com ela. Neste momento, o segundo criminoso se apresentou como proprietário do dinheiro encontrado, afirmando que o seu patrão recompensaria a vítima. Para garantir a bonificação, os criminosos convenceram a mulher a trocar a bolsa pelo bolo de dinheiro como garantia até retornarem com a recompensa. Ao constatar a demora, a vítima desembrulhou o bolo de dinheiro e se deparou com um monte de papéis.

Da bolsa levada pelos estelionatários estavam a quantia de aproximadamente R$ 3 mil, documentos pessoais, cartões de crédito e um celular marca Apple IPhone 5S de cor cinza.

A Polícia Militar foi acionada, tentou identificar os autores, mas ninguém foi encontrado. A mulher foi orientada a procurar uma Delegacia de Polícia Civil.

Notícias Relacionadas

Amurel recomenda que municípios adotem nova quarentena por causa da Covid-19

Associação dos Municípios da Região de Laguna (Amurel) contempla 18 prefeituras. A situação da região é considerada gravíssima pelo governo de Santa Catarina em relação à doença.

Apoio ao candidato Vitorassi para eleição da Coorsel se intensifica durante reuniões com associados

Na noite de hoje (16), às 19h30min, os associados da comunidade de São Gabriel são convidados a participarem do encontro com os candidatos, em Treze de Maio.

Tribunal de Justiça autoriza prefeitura a retomar obras da passarela em frente à Unisul, em Tubarão

Iniciada em fevereiro, a construção da passarela precisou ser interrompida por alguns dias ainda no primeiro semestre por conta da ação judicial de uma empresa inabilitada no processo de licitação.

PRF prende foragido do sistema penal do RS com CNH falsa em Tubarão, na BR-101

Ele foi preso e encaminhado para a Polícia Federal de Criciúma.