Segurança

Mulher é morta a facadas em Criciúma

Ela cumpria pena em regime domiciliar.

PM noite giroflex

Foto: Divulgação

Uma mulher que estava em regime domiciliar e utilizava uma tornozeleira eletrônica foi morta a facadas. Ela tinha 33 anos e o suspeito de praticar o crime é o seu companheiro, que segue em liberdade. O crime aconteceu no bairro São Sebastião, por volta de meio-dia de domingo (5).

As facadas atingiram principalmente o pescoço e o rosto da vítima. O corpo foi encontrado por sua filha, ensanguentado em cima de uma cama. Conforme informações do Portal 4oito, agora a ocorrência é investigada pela Polícia Civil.

Notícias Relacionadas

Homem é condenado por extorquir e divulgar “nudes” de mulher com quem teve namoro

O réu foi condenado a 14 anos, dez meses e 22 dias de reclusão, em regime fechado, além do pagamento de 40 dias-multa.

Mulher morre atropelada em Criciúma e motorista deve se apresentar à Polícia Civil

Vítima foi atingida e condutor não prestou socorro no domingo. Carro foi apreendido nesta segunda e advogado deve acompanhar suposto autor na delegacia.

Homens tentam extorquir mulher com suposto sequestro das filhas em Laguna

Policiais militares conseguiram abordar a mulher e evitar o crime

Suspeito de incendiar casa e matar mulher e criança é preso em Tubarão

O crime ocorreu no dia 31 de dezembro de 2019 e foi solucionado pela Polícia Civil.