Geral

Município de Cocal do Sul retoma castrações gratuitas

As castrações iniciam será na próxima quinta-feira, dia 17, e será de forma semanal

Divulgação

O Governo de Cocal do Sul, através da Fundação do Meio Ambiente (Fundac), retomará na próxima quinta-feira, 17, as castrações em cães e gatos, que passarão pela implantação de microchip, de forma gratuita à população. O município também oferece os medicamentos gratuitamente, ficando sob responsabilidade do tutor a retirada dos pontos.

As castrações ocorrerão semanalmente, na Fundação Educacional Barriga Verde (Febave), com 15 animais. Os interessados devem procurar a Fundac para a castração. A diretora da Fundac, Karla Pezente, explica que há uma fila de espera de animais, e dessa forma as pessoas são chamadas por ordem. “Em caso de cio adiantado do animal, ele é passado na frente para não ter risco de prenhez, gerando mais animais”, comenta.

De acordo com Karla, a fundação está utilizando os valores do termo celebrado no ano passado e que tem validade até maio desse ano, cujo investimento é de R$ 60 mil referente ao período de maio de 2021 a maio de 2022. Após essa data, será dado continuidade ao programa de castração.

O projeto que beneficia animais errantes, animais de pessoas baixa renda e animais errantes adotados pelos munícipes. “A castração previne doenças, reduz a agressividade, acaba com cios e gestações indesejadas e prolonga a vida. Mesmo que o animal não saia para a rua e só fique dentro de casa a castração faz muito bem para a saúde dele”, pontua Karla.

Com informações do TNSul

Notícias Relacionadas

Mulher é atingida com tijolada na cabeça por marido bêbado em SC

Vítima foi parar no hospital e precisou de pontos cirúrgicos na cabeça. Agressor foi preso em flagrante

Prazo para aderir ao Relp termina dia 31, alerta Receita Federal

Pagamento pode ser feito em até 180 vezes

Homem em situação de rua é agredido com pedras por duas pessoas em SC, diz PM

Agressões só pararam quando um motorista que passava pelo centro começou a buzinar. Ninguém foi preso.

Soldado russo julgado na Ucrânia é condenado à prisão perpétua

Vadim Shishimarin, de 21 anos, admitiu em julgamento que matou um civil de 62 anos em meio à invasão russa no nordeste ucraniano