Saúde

Município de Imbituba continua mobilizado contra o Aedes aegypti

A iniciativa visa eliminar os criadouros para evitar qualquer possibilidade de proliferação das doenças.

Foto: Divulgação

Depois de zerar o número de focos do Aedes aegypti em Imbituba, a Secretaria Municipal de Saúde entrou, esta semana, na mobilização nacional de combate ao mosquito transmissor da dengue, zika, chikungunya e febre amarela. A iniciativa visa eliminar os criadouros para evitar qualquer possibilidade de proliferação das doenças.

“A dengue, zika, chikungunya e a febre amarela apresentam sinais e sintomas parecidos, mas têm níveis de gravidade diferentes e não há um tratamento específico. Por isso, a importância de mantermos o foco na prevenção”, disse Joana Diniz, coordenadora da Vigilância em Saúde.

Como forma de prevenção, a coordenação do Programa de Combate as Endemias já fez esse ano, uma série de atividades, que envolveu a coleta de pneus em terrenos baldios, blitz educativa em pontos estratégicos, tenda de denúncias, palestras nas escolas municipais, estaduais e privadas, bem como a divulgação em veículos de comunicação.

Colaboração: Comunicação Prefeitura de Imbituba

Notícias Relacionadas

Terceira fase da campanha de vacinação contra influenza inicia nesta segunda-feira

Criciúma terá ponto estratégico para moradores da região central no início da nova fase

Secretaria de Saúde de Criciúma fará ação de conscientização contra o Aedes Aegypti

Ação ocorrerá neste sábado (15) nos bairros Próspera e Nossa Senhora da Salete

Campanha “Compre de Orleans” será lançada neste sábado na Praça Celso Ramos

Campanha Natal Jovem Solidário de Orleans distribui mais de 500 brinquedos e meia tonelada de alimentos

Ação promovida pelo Setor de Juventude da Paróquia Santa Otília finalizou no domingo (23) com a entrega das doações pelos voluntários.