Saúde

Municípios não devem iniciar vacinação de adolescentes, diz SES/SC

SC recebeu 421,1 mil doses de vacina; apenas 200 mil serão distribuídas.

Foto: SES/SC

O Estado de Santa Catarina recebeu nesta segunda-feira (16) e durante o final de semana mais 421,1 mil doses de vacina contra a Covid-19, sendo 239.850 da farmacêutica Pfizer, 73.750 de Coronavac e 107,5 mil de AstraZeneca/Fiocruz.

A maior parte (221,6 mil doses) da carga recebida será reservada para garantir a segunda aplicação (D2). Ou seja, serão enviadas aos municípios 199,5 mil doses para primeira aplicação (D1), sendo 162.630 da Pfizer e 36.870 do Butantan.

A imunização segue os critérios de faixa etária (70% das doses) e para trabalhadores industriais (30%), além do atendimento aos grupos prioritários remanescentes. Nesta segunda-feira, 16, a Secretaria de Estado da Saúde (SES) fez um alerta sobre a vacinação de adolescentes. Em nota, a pasta disse que os municípios que já cumpriram a etapa de vacinação da população de 25 a 29 anos poderão avançar para a faixa de 18 a 24 anos, mas não poderão iniciar a vacinação da população abaixo de 18 anos.

Isso porque a imunização de adolescentes não foi autorizada pela Comissão de Intergestores Bipartite (CIB), que reúne gestores de saúde estadual e municipais. Segundo a SES, o município que concluir a vacinação da população adulta deve informar o órgão para que faça o remanejamento de doses às cidades que ainda não finalizaram o calendário dos adultos.

Com informações da Rede Catarinense de Notícias 

Notícias Relacionadas

Amurel recomenda que municípios adotem nova quarentena por causa da Covid-19

Associação dos Municípios da Região de Laguna (Amurel) contempla 18 prefeituras. A situação da região é considerada gravíssima pelo governo de Santa Catarina em relação à doença.

Secretaria de Saúde de Criciúma reforça chamado de gestantes, puérperas e crianças para vacinação contra influenza

Agentes Comunitários de Saúde visitarão as residências para monitoramento e intensificação de informações por causa da baixa adesão à campanha nacional

Prefeito de Nova Veneza assina decreto de formação da Comissão de Acompanhamento, Controle, Prevenção e Monitoramento ao Coronavírus

Nova Veneza não tem casos confirmados da doença, apenas pessoas em isolamento domiciliar que já foram acompanhados, mas devem permanecer em quarentena pois chegaram de viagem.

Inovação e tecnologia ampliam a prestação de serviços digitais do Estado ao cidadão durante pandemia

Com aplicativos, sites e plataformas digitais, secretarias e órgãos de Estado adaptaram suas rotinas e substituíram o atendimento presencial pelo online.