Geral

Neguinho assume a presidência da AMREC

O presidente recém empossado ainda declarou que vai reforçar o pedido de 2,5 milhões junto ao Governo do Estado para ampliação da sede da AMREC

Divulgação

O prefeito de Forquilhinha, José Cláudio Gonçalves, o Neguinho (PSD), assumiu como presidente da Associação de Municípios da Região Carbonífera, nesta tarde de quinta-feira (27/01). Ele sucede o prefeito de Orleans, Jorge Luiz Koch (MDB), em cerimônia na sede da Associação.

O novo presidente defendeu a revitalização do aeroporto Diomício Freitas e a volta dos voos comerciais, assim como o investimento no turismo regional, além da união das lideranças para o desenvolvimento do sul. “O aeroporto é um grande vetor de investimento. Vamos buscar parceria com a Unesc, para um projeto de turismo da região carbonífera de forma integrada, respeitando as características de cada município”, afirmou em seu discurso de posse.

Neguinho agradeceu os prefeitos por depositar a confiança em seu nome. “É um momento muito importante da minha carreira”, revelou. Ele pregou a união entre os prefeitos, independente das siglas partidárias, e da classe empresarial para o desenvolvimento.

O presidente recém empossado ainda declarou que vai reforçar o pedido de 2,5 milhões junto ao Governo do Estado para ampliação da sede da AMREC. “Já há um pedido na Casa Civil, e amanhã vamos reforçar”, completou.

Acordo

Antes da posse, o prefeito de Forquilhinha agradeceu aos prefeitos do PSDB (Clésio Salvaro, Rogério Frigo e Franqui Salvaro), e explicou à imprensa o acordo, que permitiu que Neguinho tomasse posse como presidente. “Foi um gesto dos três prefeitos do PSDB, em quem devo agradecer”, disse.

Pelo estatuto da AMREC, a eleição funciona num rodízio entre os partidos. No primeiro ano de mandato o partido com maior número de prefeitos. No caso o MDB, de Jorge Koch, com cinco (Orleans, Balneário Rincão, Treviso, Lauro Muller e Cocal do Sul). No segundo ano seria o PSDB, que tem três prefeitos (Criciúma, Siderópolis e Nova Veneza, assim como o PP (Içara, Morro da Fumaça e Urussanga), mas a soma da população favorece ao PSDB.

Neguinho assumiria em 2024. Mas teria de se descompatibilizar da Associação seis meses antes, para concorrer à reeleição. Coisa que os prefeitos Clésio Salvaro e Rogério Frigo, já reeleitos não precisam fazer.

Forquilhinha na AMREC

Neguinho é o 39º presidente da AMREC e o quarto prefeito de Forquilhinha que assume a presidência, que já teve Vanderlei Luiz Ricken, em 2000; depois Paulo Hoepers, em 2005; e Vanderlei Alexandre em 2013 e 2016.

Jorge na FECAM

O prefeito de Orleans e agora ex-presidente da AMREC, Jorge Koch, é candidato a presidente da Federação Catarinense de Municípios (FECAM). Durante o discurso ele reforçou junto o pedido que os prefeitos comparecem na segunda-feira em Florianópolis para dar apoio a sua candidatura.

Sobre a AMREC ele reforçou que foi um prazer e uma honra estar à frente. Ele resumiu o seu mandato dizendo que todo o esforço e energia em 2021 foram empregados em medidas no combate à pandemia. “Tínhamos diversas pautas positivas, mas tivemos que focar no combate e prevenção do Covid-19. Na abertura de novos leitos, nas vacinas, na volta às aulas de forma presencial e nas medidas para evitar a proliferação a pandemia”, avaliou Koch.

O prefeito ainda enumerou o plano de desenvolvimento econômico regional, o plano de mobilidade urbana feito em nove municípios de forma consorciada e o selo SISBI. “Cansamos de falar das melhorias da infraestrutura das nossas rodovias estaduais. Concluímos o Plano de desenvolvimento regional, mas agora precisamos trabalhar para colocá-lo em prática. Tirar o plano do papel, para melhorar a nossa economia. Mas foi um ano positivo, principalmente se pensarmos que conseguimos o selo de equivalência do Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal (SISBI). E que agora nossos produtos de origem animal vão poder ser comercializados em todo o país”, analisa.

Histórico da Associação

A AMREC foi fundada em 25 de abril de 1983 com sete municípios: Criciúma, Içara, Lauro Müller, Morro da Fumaça, Nova Veneza, Siderópolis e Urussanga. Depois, os municípios de Forquilhinha, Cocal do Sul e Treviso passaram a fazer parte da AMREC. Em 18 de maio de 2004, a entidade oficializou a sua 11ª cidade integrante, com a entrada de Orleans e, no dia 9 de abril de 2013, o município de Balneário Rincão passou a integrar oficialmente a AMREC. Hoje, a Associação conta com 12 municípios e tem uma população superior a 446 mil habitantes.

Conselho Executivo Eleito

Presidente: Prefeito de Forquilhinha, José Cláudio Gonçalves (PSD);

1º Vice-Presidente: Prefeito de Lauro Muller, Saionara Bora (MDB);

2º Vice-Presidente: Prefeito de Morro Da Fumaça, Agenor Coral (PP);

1º Secretário: Prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro (PSDB);

2º Secretário: Prefeito de Urussanga, Jair Nandi (PSD);

1º Tesoureiro: Prefeito de Siderópolis, Franqui Salvaro (PSDB);

Titulares Do Conselho Fiscal

– Prefeito de Orleans, Jorge Luiz Koch (MDB);

– Prefeito de Balneário Rincão, Celoy Custódio (PMDB);

– Prefeito de Içara, Dalvania Cardoso (PP);

Suplentes Do Conselho Fiscal

– Prefeito de Cocal do Sul, Fernando De Faveri (MDB);

– Prefeito de Nova Veneza, Rogério Frigo (PSDB);

– Prefeito de Treviso, Valério Moretti (MDB).

Notícias Relacionadas

Balneário Rincão ganha rota gastronômica com 26 locais para conhecer

Iniciativa faz parte do Plano Municipal de Turismo e visa transformar a cidade em um destino turístico durante o ano inteiro

Região Sul do país tem melhora nas desigualdades sociais em saúde, diz FioCruz

Mesmo com a “ligeira redução”, como define a FioCruz, 65 dos 84 municípios que estiveram classificados na lista dos mais desiguais da Região Sul no início da pandemia permanecem nessa condição

SC tem aumento de 271% dos casos confirmados de dengue no 1º semestre de 2022

No Estado, 77 pessoas tiveram mortes confirmadas pela dengue neste ano

Criança de 2 anos é atropelada por ônibus em SC

Bombeiros informaram que a menina teve ferimentos graves e foi levada ao hospital; ela sofreu fraturas expostas