Clima

Neve já é registrada em pelo menos 29 cidades catarinenses

Meteorologistas preveem que este será o maior frio do planeta, excluindo-se os polos

Depois de dias de expectativa, os primeiros flocos de neve de 2013 caíram na madrugada desta segunda-feira em Santa Catarina. O fenômeno, segundo a Epagri/Ciram, até as 12h desta segunda, já foi registrado em pelo menos 19 cidades do Oeste, Extremo-Oeste e Serra catarinense. O número pode aumentar, pois meteorologistas aguardam a confirmação da neve em outras cidades catarinenses.

Cidades com registro de neve na manhã desta segunda-feira em SC:

Água Doce
Bom Jardim da Serra
Caçador
Campos Novos
Catanduvas
Chapecó
Coronel Freitas
Curitibanos
Erval Velho
Fraiburgo
Herval do Oeste
Itapiranga
Iporã do Oeste
Jaborá
Joaçaba
Lebon Régis
Lages
Painel
Pinhalzinho
Pinheiro Preto
Rancho Queimado
São Miguel do Oeste
São Joaquim
Tangará
Timbó Grande
Urubici
Urupema
Xanxerê
Xaxim

Semana entrará para história da climatologia do Sul

A semana que está iniciando promete ser histórica na climatologia do Sul do Brasil, como uma das mais intensas ondas de frio dos últimos anos. De acordo com os meteorologistas, o frio será extremo e deverá gear forte em várias cidades.

Pode até ser difícil de acreditar para alguns, mas esta será a semana em que o Sul do Brasil, por três dias, será o lugar mais frio do mundo, com temperaturas bem abaixo do normal, com exceção dos polos.

Na noite desse domingo (21), uma massa de ar polar com força impressionante e rara chegou ao Estado, derrubando ainda mais as temperaturas. A neve, tão esperada por turistas e moradores das cidades serranas e região Sul, foi registrada nesta madrugada primeiramente em São Joaquim. Às 5h, os termômetros de rua registaravam 0ºC, quando a neve começou a cair.

A previsão para as próximas horas é que as temperaturas caiam ainda mais, trazendo mínimas extremas, máximas muito baixas e sensação térmica baixíssima, podendo atingir nas partes altas -22°C na noite da segunda-feira (22). O frio será tão intenso que meteorologistas preveem que pode ocorrer a  geada negra.

Segundo os meteorologistas a possibilidade de nevar ainda mais é muito grande e como poucas vezes se viu. Ela pode ocorrer a qualquer momento desta segunda e terça-feira. Isso tem atraído um grande número de turistas para a Serra Catarinense e esse número deve aumentar no decorrer das próximas horas. É importante que as pessoas que forem subir a serra para apreciar o frio, estejam bem agasalhadas.

A Polícia Militar Rodoviária (PMRv) de Guatá, alerta para que os motoristas tenham cuidado ao transitar pela rodovia da Serra do Rio do Rastro, pois com o frio intenso é comum se formar gelo sobre a pista, deixando-a escorregadia e bastante perigosa.

A Epagri/Ciram, órgão que monitora o tempo em Santa Catarina, chama a atenção para animais domésticos que vivem tanto dentro de casa quanto nos quintais. Estes também merecem uma atenção especial e devem ser agasalhados.

Neve pode passar de 40 centímetros em vários pontos

A previsão da Climaterra é de neve intensa para as próximas horas. Isso, de certa forma, é até preocupante para a população das áreas onde deve ocorrer o fenômeno.

Conforme a Climaterra há o risco de neve moderada a forte, podendo passar dos 20 até 40 centímetros, em vários pontos da região. Poderá ter chuva congelada na madrugada/amanhecer da segunda e terça-feira.

Há 56 anos ocorria a maior nevasca de SC

A população do Planalto Serrano, especialmente os habitantes de São Joaquim, lembraram neste fim de semana a maior nevasca de que se tem notícia já ocorrida em Santa Catarina. Foi no dia 20 de julho de 1957.

Naquele dia o frio era insuportável. A neve começou por volta das 10 horas da manhã e se estendeu até às 18 horas sem parar. Foram sete horas ininterruptas de neve intensa.

Na manhã do dia seguinte o espetáculo estava concluído. Moradores e visitantes contemplaram o que poucos tiveram o privilégio de ver: tudo branco!

  • p1802v8lia1tv1duc117cjp4f8q3
  • p180343m1ohtt17sp1mqu1p401npo3
  • p180343m1opj711h0111ls3sv694
  • p180343m1olu6ik76sg1ldt1bqe5
  • p180343m1o1t051a9b156en8n9956
  • p180343m1o16eog2ak05t7rdt87
  • p180343m1o1o901ihk1lg8190dld8
  • p1803iqcjqlv6hj048a1oa1u513
  • p1803iqcjr1q3f1orp1cf4162s1tl44
  • p1803iqcjr1iut18rh105v9si1re65
  • p1803iqcjr1dd73o9l7hg1m496
  • p1803iqcjr1k1t1ta5893kgt1s9s7
  • p1803iqcjr1kv0rhohidf2h13p88
  • p1803iqcjr1cbh1fei10mijnm1tup9
  • p1803iqcjr1sam1lmvjv1m2612r0a
  • p1803iqcjr1kjlb921r3c2oa1nbub