Trânsito

No Dia do Policial Rodoviário Federal, agente fala sobre os desafios

Créditos: Guilherme Simon / DS

Para marcar o Dia do Policial Rodoviário Federal, comemorado hoje, a reportagem conversou com o agente Massuquetto. O patrulheiro, que atua no posto da PRF de Tubarão, contou um pouco sobre sua história, e falou sobre os desafios da profissão.

“Estou na PRF há quase três anos e meio. A minha formação acadêmica é engenharia mecânica, mas me identifiquei muito com a área policial, e corri atrás para estudar e me preparar, até que fui aprovado em um concurso público”, conta o agente.

O policial rodoviário destacou que o trabalho dos profissionais abrange diferentes áreas, e não apenas o trânsito nas rodovias, como muita gente pensa. “Além da fiscalização do trânsito, com todas as suas peculiaridades, há também a fiscalização de cargas, e a parte criminal, como o combate à prostituição infantil e o combate ao trabalho escravo”.

Entre os principais desafios, ele destaca o de conscientizar as pessoas sobre a importância do papel do órgão. “Algumas pessoas não aceitam ser fiscalizadas, na maioria das vezes por não saberem como esse trabalho é importante. A fiscalização de trânsito pode levar à prisão de um criminoso, ou a uma grande apreensão de drogas ou de armas”, ressalta Massuquetto.

A respeito do dia do profissional, o agente acredita que há muito o que comemorar. “Somos uma das polícias que mais apreende drogas e armas no Brasil. Os nossos índices são incomparáveis, pois muitos dos ilícitos passam pela BR”, destaca.

Mas a data também serve para se lembrar de reivindicações. “A possível mudança da aposentadoria especial é uma das nossas principais causas. Querer que o policial se aposente mais tarde é ruim para a própria sociedade. O nosso dia a dia é muito diferente de uma pessoa convencional. Em geral, acabamos dormindo pouco, por causa da escala de trabalho, e isso vai acabando com a saúde. A pessoa perde condições físicas, de reflexo, coisas que comprometem o trabalho na polícia”, argumenta o agente.

CAMPANHA DE DOAÇÃO DE SANGUE

Uma ação em prol da doação de sangue marcará o Dia do Policial Rodoviário no Estado. A campanha “Doação de Sangue pelo Dia do PRF”, organizada pela Comissão de Direitos Humanos da PRF/SC e o SinPRF/SC, pretende reunir servidores policiais, administrativos, terceirizados e estagiários hoje, às 9h, no ponto de coleta do Hemosc em Florianópolis.

Com informações do Jornal Diário do Sul

Notícias Relacionadas

Idoso capota carro sobre a Ponte Anita Garibaldi, em Laguna

Motorista de aproximadamente 80 anos estava sozinho quando perdeu o controle do veículo com placas de Braço do Norte.

PRF prende foragido do sistema penal do RS com CNH falsa em Tubarão, na BR-101

Ele foi preso e encaminhado para a Polícia Federal de Criciúma.

PRF apreende mais de seis quilos de cocaína após motorista fugir da fiscalização na BR-101, em Jaguaruna

A droga estava em um GM/Onix com placas de Criciúma, que não obedeceu a ordem de parada e fugiu em alta velocidade.

PRF flagra quase 12 toneladas de excesso de peso em caminhão na BR-101 em Criciúma

O caminhão carregava tijolos e tinha placa do Rio Grande do Sul.