Geral

No Dia do Trabalho, SC comemora os bons resultados na geração de empregos

Além disso, só em 2020, o Sistema Nacional do Emprego de Santa Catarina (Sine/SC) encaminhou mais de 71 mil pessoas ao mercado de trabalho

Divulgação

No Dia Mundial do Trabalho, comemorado neste sábado, 1º, os dados na geração de empregos em Santa Catarina mostram a continuidade da recuperação econômica, apesar da pandemia do novo coronavírus. Os números do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) reforçam o bom momento, com a ampliação de 86,8 mil postos formais no primeiro trimestre de 2021. O resultado é o maior saldo de empregos para os três primeiros meses do ano em toda a série histórica, iniciada em 2004.

Além disso, só em 2020, o Sistema Nacional do Emprego de Santa Catarina (Sine/SC) encaminhou mais de 71 mil pessoas ao mercado de trabalho. Nesta semana, são 4.698 abertas no Estado, pelas agências do Sine.

“O empreendedorismo é a grande mola propulsora do emprego. Nossa missão será fomentar o crescimento e a competitividade de Santa Catarina, para que tenhamos um ambiente de negócios cada vez mais favorável. E assim, as empresas que já estão aqui, se desenvolvam, e as que quiserem vir, que sejam bem-vindas e tenham todas as possibilidades, para ampliar a produção, crescer, gerar mais empregos e renda aos catarinenses”, frisa o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDE), Ricardo de Gouvêa.

Carteira assinada

Moradora de Capivari de Baixo, no Sul do Estado, Gabriela da Luz da Silva, de 26 anos, deixou para trás a rotina de entregar currículos e, por meio da intermediação do Sine, atua em uma área em que nunca trabalhou. “Sou formada em pedagogia, e atualmente trabalho como auxiliar administrativo. Tudo novo, uma experiência nova que gosto bastante. E pra mim, este emprego representa o meu desenvolvimento profissional”, comemora ela.

Para quem vive em São Miguel do Oeste, no Oeste Catarinense, a abertura de postos de trabalho trouxe novas perspectivas e reforço na renda. No caso de Giordana Postai, mesmo em meio à pandemia, ela conseguiu dois empregos. “Na verdade eu já estava trabalhando, porém tinha algumas horas disponíveis. Desta forma, pela questão financeira, decidi procurar outro emprego, em um horário específico, que conseguisse conciliar os dois. Por meio do Sine, fiquei sabendo de uma vaga que se encaixaria no meu caso, fui encaminhada e em poucos dias já estava trabalhando. O começo foi muito difícil, pois é um ambiente novo e fora da rotina, mas é muito gratificante”, conta a auxiliar administrativo e monitora de produção em um frigorífico.

Já para Mauro Victor Antunes Morgado, residente em Florianópolis, a vaga intermediada pelo Sine representa um novo recomeço. “Sou PCD e estava dois meses sem trabalhar. Recebi vários “nãos”, mas em nenhum momento desisti dos meus objetivos e graças a Deus não passei dificuldades. Ao menos, uma vez por semana, eu agendava para ir na agência verificar as oportunidades disponíveis e me candidatar. A vaga que estou atuando hoje não é na minha área, mas trabalho na operacional e estou me adaptando super bem. O importante é não se acomodar e nunca desistir”, expõe ele, que já atuou em grandes empresas catarinenses.

Quero uma vaga

Quem está buscando recolocação no mercado ou deseja encontrar a primeira oportunidade, basta procurar as vagas disponíveis em Santa Catarina e se inscrever pelo aplicativo Sine Fácil, que está disponível na Play Store e Apple Store. Ou, a partir de segunda-feira, agendar um atendimento presencialmente na unidade do Sine mais próxima.

Notícias Relacionadas

Vereadores de Orleans discutem e votam Projetos de Lei, Requerimentos e Indicações

Na Ordem do Dia, foram aprovados dois Projetos de Lei, um Requerimento e duas Indicações; um Requerimento foi rejeitado pela maioria.

Coronavírus em SC: Decreto estadual mantém medidas contra a Covid-19 por mais duas semanas

Os atuais protocolos sanitários para convivência segura continuarão valendo em todo território catarinense.

Dois projetos aprovados e treze proposições pautam sessão do Legislativo de Lauro Müller

Cocal do Sul adere a campanha “Faça Bonito” em alusão ao abuso sexual infanto-juvenil

O dia 18 de maio é uma data instituída para refletir e debater o assunto e chamar a atenção da população quanto ao tema