Geral

“No meu tempo era assim” encanta o público em Treviso

Contação de histórias foi realizada gratuitamente e em dois períodos nesta quinta-feira

Fotos: Alexandra Piati

A quinta-feira (21) foi de viagem às boas lembranças do passado em Treviso com a apresentação do espetáculo de contação de histórias “No meu tempo era assim”. Interpretada pelas historiadoras Elisângela da Silva Machieski e Ana Maria Manaus Teixeira, essa contação faz parte do projeto “Caminhando e contando histórias pela Amrec”, vencedor do prêmio Elisabete Anderle, e traz as aventuras das personagens Vovó e Maria, que interagem com brinquedos e brincadeiras populares antigamente.

A apresentação, que contou com a parceria da Administração Municipal, por meio da Secretaria de Educação, ocorreu em dois momentos, nos períodos da manhã e da tarde, na Praça Benjamin Scussel. “Essa contação foi trabalho de uma pesquisa desenvolvida pelas contadoras no município de Balneário Rincão, onde entrevistaram pessoas que viveram sua infância nas décadas de 40 a 70 e, a partir disso, trouxeram as brincadeiras dessa infância para o contexto atual”, explica o orientador pedagógico, Guilherme Honorato.

O espetáculo foi gratuito, aberto e o público-alvo eram os alunos do Ensino Fundamental. “A contação de história é necessária para aproximar as crianças dos livros, o que auxilia no desenvolvimento do gosto independente literário”, destaca a secretária municipal de Educação de Treviso, Juliana Salvador.

Veja fotos

  • No meu tempo era assim Treviso (4)
  • No meu tempo era assim Treviso (11)
  • No meu tempo era assim Treviso (9)
  • No meu tempo era assim Treviso (8)

Colaboração: Bruna Borges – Assessora de Comunicação da Prefeitura de Treviso

 

Notícias Relacionadas

Secretaria de Saúde de Criciúma reforça chamado de gestantes, puérperas e crianças para vacinação contra influenza

Agentes Comunitários de Saúde visitarão as residências para monitoramento e intensificação de informações por causa da baixa adesão à campanha nacional

Mais de 5,7 mil crianças comparecem na 1ª etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo em Criciúma

Número superou a expectativa da Secretaria Municipal de Saúde. Segunda etapa inicia dia 18 de novembro, com foco em adultos de 20 a 29 anos

Centro de Convivência: Siderópolis terá novo espaço para receber crianças, jovens, adultos e idosos

O local receberá grupos que integram o serviço de convivência, que totalizam 326 pessoas, entre crianças, jovens, adultos e idosos.

Assistentes sociais do Poder Judiciário estudam garantia do direito à convivência familiar de crianças e adolescentes

Os nove pesquisadores integrantes do grupo trabalharam na elaboração de um subprojeto para a produção e disseminação de conhecimentos e o aperfeiçoamento de metodologias de trabalho na área