Geral

Notificado pela Unesco, Cânions do Sul aguarda homologação para virar um Geoparque Mundial

A reunião para a indicação ocorreu na última semana, quando foram avaliadas 18 novas solicitações

Divulgação

O território dos Cânions do Sul está apenas no aguardo da homologação para ser considerado um Geoparque Mundial da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco). A diretoria do Consórcio Intermunicipal Caminhos dos Cânions foi notificada, na última segunda, 13, pelo Conselho Global de Geoparques da organização. Desta forma, o território que integra os estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul deve ser homologado durante a próxima sessão, prevista para a primavera na Europa, em 2022.

A reunião para a indicação ocorreu na última semana, quando foram avaliadas 18 novas solicitações. Ao todo, mais de 50 observadores e representantes de mais de 30 Estados Membros participaram do encaminhamento de oito novos geoparques globais – entre eles, os Cânions do Sul. Agora, resta ao Conselho Executivo da Unesco homologar as indicações.

O presidente da Agência de Desenvolvimento do Turismo de Santa Catarina (Santur), Renê Meneses, destacou o trabalho conjunto realizado entre os municípios e também o Governo de Santa Catarina.

– Estamos há muito tempo trabalhando em conjunto com os municípios catarinenses e, de uma forma indireta, com os municípios gaúchos que também integram a região. A Santur investe há anos para que isso seja possível desde quando foi contratado o estudo de viabilidade. Então, ter agora o resultado disso é muito significativo para Santa Catarina – disse o presidente da Santur.

Recentemente, o Estado realizou melhorias na infraestrutura turística, ações preponderantes para uma possível chancela da Organização. Os investimentos na sinalização turística e na pavimentação da Serra do Faxinal irão proporcionar maior segurança e conforto no acesso ao Geoparque.

Caso receba o reconhecimento, o Geoparque Cânions do Sul passa a fazer parte da Rede Global de Geoparques, o que representa principalmente novas oportunidades de divulgação do território e valorização do turismo sustentável na região, entre outros benefícios.

Os Cânions do Sul são integrados por dois parques nacionais, o Parque Nacional Aparados da Serra e também o Parque Nacional da Serra Geral. Os parques estão situados na divisa dos estados do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina e abrangem uma área de aproximadamente 30.400 ha, distribuída ao longo dos contrafortes da região natural comumente denominada de Aparados da Serra, inserida na Formação Geológica Serra Geral – daí a origem do nome destas unidades de conservação.

Notícias Relacionadas

Saúde lança nova versão da caderneta de saúde para crianças

Novo modelo será enviado aos estados e municipios até março

Cachoeira é interditada por tempo indeterminado após queda que matou jovem em SC

Leticia Silva Budal, de 20 anos, morreu após cair aproximadamente 50 metros dentro da cachoeira

SC tem 20 vezes mais pacientes em tratamento contra Covid do que no Natal

Em 25 de dezembro, estado tinha 1.987 casos ativos contra 45.915 de sexta-feira. SC enfrenta filas nos postos de saúde e unidades fechadas por causa do afastamento de profissionais da área.

Um ano de vacinação contra Covid-19 com início da imunização de crianças

A vacinação de crianças de 5 a 11 anos é a forma que SC celebra data