Poder Executivo

Nova Veneza decreta situação de emergência

Equipes trabalham para contabilizar os prejuízos e as informações preliminares foram oito bairros atingidos com pontos de alagamentos.

Foto: Divulgação / Comunicação Prefeitura de Nova Veneza

As equipes da Defesa Civil de Nova Veneza e Regional estão percorrendo os pontos afetados para contabilizar os prejuízos da enxurrada na última quinta-feira (17). Nas primeiras horas do dia, o prefeito em exercício e coordenador da Defesa Civil, Sérgio Alberto Spilere, o Zé Spilere, reuniu os secretários e equipe para determinar as frentes de trabalhos e decretou situação de emergência. Os servidores da Secretaria de Transportes, Obras e Serviços Urbanos desde cedo trabalham na limpeza e desobstrução de vias públicas.

“Na noite de ontem prestamos toda a assistência necessária as famílias atingidas, agora as nossas equipes retornam para contabilizar os prejuízos e obtermos um levantamento preciso do número de pessoas atingidas. Em 52 anos que moro em Nova Veneza nunca tinha visto um volume de chuva como ontem. Estão sendo distribuídos kits de higiene pessoal e limpeza disponibilizados pela Defesa Civil regional pela equipe da Assistência Social”, afirmou Zé Spilere.

De coordenador regional da Defesa Civil, Rosinei da Silveira, durante a reunião foram passadas todas as coordenadas para as equipes que foram para a rua fazer os levantamentos necessários. “A Secretaria de Estado da Defesa Civil através do secretário João Batista determinou que a coordenação regional estivesse em Nova Veneza visando auxiliar e assessorar com o apoio de logística ao prefeito com o objetivo de organizar a gestão do desastre e atendimento à população. Durante o evento, a primeira medida estabelecida foi vistoria as áreas atingidas e dar assistência, sendo necessário o desalojamento de 04 famílias para encaminhá-las a um local seguro. Logo cedo, houve uma reunião para organizar e fazer a gestão e distribuição das equipes da Prefeitura para a avaliação dos danos. Foram disponibilizados 29 kits de limpeza e 60 de higiene pessoal aos atingidos”, acrescentou.

Foto: Divulgação / Comunicação Prefeitura de Nova Veneza

Atingidos

Os números preliminares apontam 08 bairros atingidos foram o Centro, Bortolotto, Nossa Senhora de Lourdes, Eliza, Bortoluzzi, São José, Baixada e Sanga Curta, no interior do município. Destas localidades, na noite de ontem (quinta), 08 famílias tiveram suas residências alagadas e dessas quatro ficaram desalojadas.

Cadastramento

As famílias que sofrem algum tipo de dano devem entrar em contato com a Secretaria de Assistência Social pelo telefone 3436-1946 ou pelo número 99621-1985 (WhatsApp) para fazer o cadastramento. As equipes da Prefeitura trabalham em regime de plantão.

Colaboração: Cris Freitas / Comunicação Prefeitura de Nova Veneza

  • IMG_5506
  • IMG_5510
  • IMG_5514
  • IMG_5528
  • IMG_5533
  • LoteamentoMinattoBortoluzzi02
  • RuasCaravaggio
  • RuasCaravaggio03
  • CentroIgrejaMatriz

Notícias Relacionadas

Reunião com a Defesa Civil municipal debateu estratégias para o frio intenso em São Joaquim

A Defesa Civil alerta que a onda de frio intenso pode causar prejuízos na agricultura, congelamento de canos e rodovias, por isso um cuidado especial muita atenção nessas áreas.

Defesa Civil de Criciúma realiza abertura da Operação Primavera e do Curso de Agente Voluntário nesta terça-feira

Evento inicia às 19h, no plenário da Amrec. Operação visa executar atividades de prevenção no município

Sábado deve ter sol em todas as regiões de SC, mas chance de chuva no litoral

As temperaturas devem ser as esperadas para o verão, mas sem aquecimento acentuado.

Postos da Polícia Rodoviária mantém interdição da Serra e alegam não ter recebido comunicação oficial

Lideranças municipais de Lauro Müller e Bom Jardim da Serra foram informados na manhã desta sexta-feira (01), da liberação do tráfego de caminhões até 15 toneladas na SC-390, trecho da Serra do Rio do Rastro.