Educação

Nova Veneza se prepara para retorno às aulas presenciais

A previsão para o retorno do ano letivo é para o dia 17 deste mês

Divulgação

O município de Nova Veneza, através da Secretaria de Educação, está focado em garantir toda a segurança para os profissionais e alunos nas unidades escolares no retorno das aulas previsto para o dia 17 de fevereiro. Neste início de ano letivo, o retorno funcionará de forma híbrida e seguindo o Plano Municipal de Contingência da Educação.

A determinação do Governo do Estado é que as salas escolares tenham a capacidade reduzida. “Seguindo essa orientação, já começamos a deixar as salas prontas para receber os alunos, garantindo distanciamento entre as mesas”, destaca o secretário de educação, Heriton Sandrini.

As escolas vão atender todos os alunos que os pais autorizarem o retorno presencial, mas também vai disponibilizar as aulas e atividades nas plataformas digitais. “Os alunos que vão até as escolas vão estar seguros, porque vamos seguir os protocolos exigidos. Os estudantes que estudarem em casa, nós vamos garantir que eles tenham acesso aos conteúdos da melhor maneira possível, para ninguém ser prejudicado”, enfatiza o secretário.

Para aqueles alunos que não possuem acesso à internet, o município também vai disponibilizar conteúdo. “Os alunos que não tiverem computador ou acesso à internet, vamos disponibilizar os materiais impressos para retirada nas unidades escolares que esta criança estuda”, pontua Sandrini.

Os professores que tiverem comorbidades vão continuar trabalhando em home office. Os profissionais que vão estar dentro das escolas, deverão utilizar os EPis necessários. “Quem estiver trabalhando na escola vai ter que utilizar máscaras e um avental que é colocado assim que se chega na instituição”, finaliza o secretário.

Hora do recreio

O momento do intervalo acontecerá respeitando todos os protocolos estabelecidos. Os responsáveis pela alimentação escolar em cada unidade também vão seguir todas as regras sanitárias.

Ambientes higienizados

Diariamente haverá a higienização dos ambientes das unidades, além da disponibilização de álcool 70% em diversos locais da escola, como na entrada e salas de aula.

Notícias Relacionadas

Covid-19: A maioria das mortes em São Ludgero foram do sexo masculino

Vereador de Içara protocola projeto para instalação de câmeras de segurança e portões eletrônicos nas escolas

Segundo Polakinho a proposta é reforçada em virtude do ataque com cinco vítimas fatais, em uma escola infantil, ocorrido na manhã da última terça-feira, na cidade de Saudades, no Oeste catarinense.

AO VIVO: Tribunal julga Moisés pelo caso dos respiradores

A sessão acontece por videoconferência, devido ao risco apresentado pela pandemia.

Homem com faca e garrafa quebrada rouba estabelecimento e ameaça vítima de morte em Capivari de Baixo

Assalto ocorreu por volta das 16h30 desta quinta-feira, dia 6, na área central da cidade.