Geral

Novo saque do FGTS beneficia 40 milhões de trabalhadores; veja quem tem direito

A ação é destinada à pessoas que possuem valores disponíveis no fundo e estão passando dificuldades

Divulgação

O Ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou nesta terça-feira (22) que o governo brasileiro pode flexibilizar até o fim do ano o uso de recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). A ação é destinada à pessoas que possuem valores disponíveis no fundo e estão passando dificuldades.

Segundo estimativas obtidas pela Folha, a nova rodada de saques pode beneficiar cerca de 40 milhões de trabalhadores. O público potencial da medida leva em consideração o número de cortistas que têm contas com saldo no fundo de garantia. O valor a ser autorizado para saque ainda está em estudo, mas pode ficar entre R$ 500 e R$ 1.000 por trabalhador.

Às vésperas do calendário eleitoral, o governo tem procurado usar cofres públicos ou destravar outros recursos que têm apelo popular. No mesmo evento, Guedes disse que o governo prepara um corte de 25% no Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), o que pode reduzir custos de eletrodomésticos e automóveis, por exemplo.

A expectativa de integrantes da equipe econômica é que a nova rodada de saques seja anunciada oficialmente pelo governo nos próximos 20 dias. Uma medida provisória será editada pelo presidente Jair Bolsonaro (PL) autorizando o resgate dos recursos.

Com informações do NSCTotal

Notícias Relacionadas

Operação “Street Cleaner” é deflagrada na cidade de Lauro Müller

Com o intuito de controlar o tráfico de drogas a ação foi realizada na região de Barreiro, no distrito de Guatá

Homem é achado morto em cama de hotel em SC

Ele estava no município para o evento de uma empresa de climatizadores evaporativos; vítima foi identificada como Geraldo Paulo Marques

Bandidos esquartejam vacas para roubar carne em cidade do Norte de SC

As vacas foram esquartejadas em uma fazenda na localidade de Mafra; prejuízo deve ser de mais de R$ 35 mil

Duas cidades de SC estão entre as mais solidárias do país segundo a ONU; saiba quais

Municípios são destaque no atendimento e acolhimento a refugiados e migrantes