Trânsito

Obras de asfaltamento em ruas de Lauro Müller começa nesta segunda-feira, 26

Administração Municipal dá início ao maior projeto de asfaltamento, com trabalhos começando pela rua Prefeito Flávio Righetto, próximo ao Centreventos.

Divulgação

A Administração Municipal de Lauro Müller inicia nesta segunda-feira, 26, os trabalhos de pavimentação asfáltica em 17 ruas do município. Este é o maior projeto de pavimentação asfáltica do município, com recursos aplicados no valor de R$ 8.303.269,87. Somados os valores de obras complementares, esse valor chega a 11 milhões de reais.

Os trabalhos começam pela rua Prefeito Flávio Righetto, em frente ao Centreventos Nelson Righetto, esquina com a rua 20 de janeiro. Nessa via serão instalados 4.676 metros quadrados de pavimentação de asfalto, com cinco elevações para faixas de pedestres, recuos para garagens, novas calçadas com guias podotáteis (para portadores de necessidades visuais) e toda o conjunto de sinalização de trânsito.

A empresa BCL Empreendimentos, de Orleans foi a vencedora da licitação para os serviços, que contempla as ruas Rubens Rufino Rabelo, Dr. Portela, João Elpídeo de Araújo, Genovêncio Bittencourt, Cairú e Prefeito Benjamin Bittencourt Barreto. No Centro, o projeto de asfaltamento compreende as rua Alexandre Doneda, Padre Hercílio Capeller, Travessa José Tancredo Filho, Travessa Manoel Amante, Travessa Frederico Jacob Jung, Sete de Setembro, Walter Veterli, Valdir Cotrin e Orleans. No bairro Sumaré, a rua Walter Veterli também vai receber pavimento asfáltico. No Distrito de Barro Branco, a rua Dalsasso também receberá melhorias e instalação de asfalto.

O Prefeito Valdir Fontanella visitou as obras na tarde de segunda-feira e acompanhou o início da retirada das lajotas. Para ele, esse é um passo importante para a infraestrutura de Lauro Müller. “Essa obra traz potencial para nossa cidade, que fica mais preparada para receber tanto os turistas, que nos procuram cada vez mais, e também para nossos moradores, que vão fazer uso da pavimentação. Nossa cidade cresce com investimentos e com o trabalho da nossa gente”, afirma o prefeito.

O projeto de pavimentação das ruas foi apresentado em outubro de 2018 e vai realizar pavimentações, drenagens, construção de calçadas com acessibilidade e reestruturação das ruas Valdir Cotrin e Orleans. A meta é concluir os trabalhos em 10 meses, com condições climáticas ideais para isso. O asfalto precisa de base seca para que seja aplicado e compactado.

Campanha de divulgação – Na sexta-feira, 23, Agentes Comunitárias de Saúde trabalharam para divulgação dos cuidados quanto ao início das obras, na rua Prefeito Flávio Righetto. A profissionais visitaram residências e estabelecimentos comerciais no entorno das obras, para alertar quando às mudanças na rotina da via, por conta do início dos trabalhos.

Foram entregues panfletos com recomendações de segurança e telefone de contato em caso de dúvidas. As agentes também conversaram com os moradores, para repasse de informações e coleta de possíveis dúvidas sobre o projeto.

A campanha de Comunicação será feita em todas as ruas por onde a pavimentação vai passar.

Colaboração: Comunicação Prefeitura de Lauro Müller 

Notícias Relacionadas

Obras de recuperação da SC-390 começam nesta terça-feira

Assinatura da ordem de serviço, com a presença do Governador do Estado, Eduardo Pinho Moreira e o Secretário de Infraestrutura do Estado Paulo França, está prevista para acontecer na quarta (26), em Orleans.

Governo de Criciúma anuncia obras de pavimentação asfáltica em ruas dos bairros Recanto Verde, Fábio Silva e Anita Garibaldi

Ordem de serviço que autoriza o início dos trabalhos orçados em mais de R$ 4 milhões foi assinada nesta quinta-feira (27)

Senador garante R$ 40 milhões e obras da Serra da Rocinha não sofrem ameaça

Tribunal de Justiça autoriza prefeitura a retomar obras da passarela em frente à Unisul, em Tubarão

Iniciada em fevereiro, a construção da passarela precisou ser interrompida por alguns dias ainda no primeiro semestre por conta da ação judicial de uma empresa inabilitada no processo de licitação.