Geral

Obras de revitalização do CEI Visconde de Mauá estão 65% concluídas

A prefeitura está investindo mais de R$ 2 milhões no empreendimento que, quando pronto, irá receber cerca de 230 crianças em período integral.

Divulgação

O novo Centro de Educação Infantil (CEI) Visconde de Mauá, em Oficinas, está com as obras de revitalização 65% concluídas. A prefeitura está investindo mais de R$ 2 milhões no empreendimento que, quando pronto, irá receber cerca de 230 crianças em período integral.

Considerada uma das instituições de ensino mais tradicionais da região de Oficinas, o Visconde de Mauá foi inaugurado em 1943 e fechado pelo Governo do Estado em 2015 por questões de demanda de alunos. Em 2017 o prédio foi repassado à prefeitura, que decidiu fazer uma revitalização para transformar o espaço em um moderno CEI.

Nesta quarta-feira (27) o prefeito Joares Ponticelli e o diretor-presidente da Fundação Municipal de Educação Maurício da Silva fizeram uma visita ao canteiro de obras. As 10 salas de aula com banheiros, espaço para professores, salas administrativas, depósitos e um grande galpão que abrigará um refeitório e espaço multiuso estão prontos, faltando apenas acabamentos estruturais, rede elétrica e hidráulica.

“Sempre disse que esse CEI será o prédio público mais bonito da região de Oficinas e, ao rever as obras e observar como tudo está ficando, nos enche de satisfação. Investir na Educação e principalmente nas crianças é a maior iniciativa que um gestor pode fazer, é assim que se transforma e melhora o mundo”, comentou o prefeito.

Uma curiosidade dessa obra é a manutenção dos dois ipês existentes localizados nas extremas da parte frontal do terreno na avenida Altamiro Guimarães, um próximo ao muro que faz divisa com a EEB Senador Francisco Benjamim Gallotti e o outro ao lado do muro da esquina com a rua dos Ferroviários. As mudas foram plantadas no Dia da Árvore, em 21 de setembro de 1950, por um grupo de estudantes de uma turma da professora Leonor Lima Brasil.

As árvores históricas receberam tratamento especial por parte da Fundação Municipal de Meio Ambiente (Funat). Líquens e outros organismos foram removidos dos troncos e os galhos foram podados. Também foi realizada adubação nas árvores.

Notícias Relacionadas

Fapesc investe R$ 1 milhão em novos estudos para produção de vinho e uva em SC

A produção de uvas e vinho abrange ainda uma área de cultivo de cerca de 6 mil hectares em diferentes regiões. Só de vinícolas, são 95 empresas registradas no Estado

Profissionais da Assistência Social passam por minicurso sobre abordagem antirracista em Criciúma

Palestra foi ministrada por três profissionais da área da Educação e Direito e ocorreu no Salão Ouro Negro

24 horas: Um sonho de 30 anos realizado em Cocal do Sul

A inauguração será neste domingo (26), às 18h, no dia do aniversário de 30 anos de Cocal do Sul

Edital Cultura Criciúma contemplará 30 projetos com R$ 133 mil

Inscrições podem ser feitas até o dia 22 de outubro. Objetivo é incentivar atividades culturais na cidade