Saúde

Ocupação de leitos Covid-19 em SC é menor que 80% pela primeira vez em seis meses

Segundo o secretário da Saúde, André Motta Ribeiro, o apontamento evidencia os esforços do Governo do Estado no combate ao Coronavírus e demonstra que a vacinação está fazendo efeito

Divulgação

O Governo de Santa Catarina registrou a menor taxa de ocupação de leitos Covid-19, nos últimos meses, de acordo com a atualização desta quinta-feira, 15. Até às 11h16, a taxa estava em 79,58%, sendo 216 leitos disponíveis dos 1.058 ativos. Desde fevereiro, a SES não registrava uma taxa de ocupação menor que 80% nestes leitos.

“Preparamos toda a nossa rede hospitalar para o enfrentamento à pandemia. Criamos 993 leitos de UTI adulto para Covid-19 e agora avançamos em outra frente que é a vacinação. À medida que ela progride no estado, os números melhoram, o que permite o retorno gradual e responsável das atividades em Santa Catarina”, ressaltou o governador Carlos Moisés.

A Grande Florianópolis é o maior destaque, com menos da metade dos leitos ocupados por pacientes Covid – a taxa é de 49,63 %. No Sul do Estado, a ocupação também está abaixo dos 80%, assim como no Grande Oeste. As regiões com taxa de ocupação ainda mais altas que a média estadual são as do Vale do Itajaí e do Planalto Norte e Nordeste, porém nenhuma delas com mais de 95%.

Segundo o secretário da Saúde, André Motta Ribeiro, o apontamento evidencia os esforços do Governo do Estado no combate ao Coronavírus e demonstra que a vacinação está fazendo efeito. “Quanto mais vacina, menos internação. A expectativa é que esses números melhorem nas próximas semanas e meses, quando estimamos aplicar ainda mais doses de vacinas. Só de D2, nós projetamos 600 mil até o final de julho”, destacou Motta Ribeiro.

Nesta semana, a SES divulgou que já aplicou mais de 4 milhões de doses, desde o início do calendário vacinal.

Notícias Relacionadas

Conselho Regional de Medicina de SC orienta sobre regras para prescrição de canabidiol

Medicamentos com o princípio ativo só podem ser indicados para crianças ou adolescentes que tenham casos de epilepsias refratárias aos tratamentos convencionais

Gaeco prende servidora do meio ambiente de Cocal do Sul

Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado esteve na cidade na manhã desta segunda-feira, 15

Homem atira em posto de combustível e vai preso em Araranguá

Outro envolvido foi preso por ter escondido a arma

Família é alvejada por tiros em Tubarão; bebê foi atingido

O bebê foi levado ao hospital e a mãe está em coma induzido; caso foi registrado na noite deste domingo, 14