Trânsito

Ônibus escolar bate em carreta e dois ficam feridos na BR-101, em Imbituba

O veículo trafegava na rodovia e bateu atrás de uma carreta, próximo à Malhas Ferju, no viaduto do acesso Norte da cidade de Imbituba.

Foto: Divulgação/Portal A Hora

Um ônibus escolar da Prefeitura de Imbituba envolveu-se em um acidente na manhã desta sexta-feira (29) na BR-101, em Imbituba.

O veículo trafegava na rodovia e bateu atrás de uma carreta, próximo à Malhas Ferju, no viaduto do acesso Norte da cidade de Imbituba.

O Corpo de Bombeiros esteve no local para o atendimento da ocorrência. Dentro do ônibus, estavam apenas o monitor e o motorista que ficaram feridos. O caso mais grave foi do monitor que ficou preso às ferragens e apresentava ferimentos

Os dois haviam encerrado a linha de Nova Brasília e seguiam destino ao bairro Arroio, região Norte de Imbituba, pela BR-101, quando o veículo bateu na traseira da carreta.

O prefeito Rosenvaldo Júnior, que é médico, esteve no Hospital durante a manhã avaliando o monitor junto à equipe do Hospital São Camilo.

Ele se encontrava lúcido, estável e consciente e estava sendo avaliado no Centro Cirúrgico, devido a uma fratura de fêmur. O ortopedista ainda não havia decidido se realizava a cirurgia ou encaminhava o paciente a outro hospital da região. O motorista do caminhão passa bem.

Com informações do Portal A Hora

Notícias Relacionadas

Amurel recomenda que municípios adotem nova quarentena por causa da Covid-19

Associação dos Municípios da Região de Laguna (Amurel) contempla 18 prefeituras. A situação da região é considerada gravíssima pelo governo de Santa Catarina em relação à doença.

Idoso capota carro sobre a Ponte Anita Garibaldi, em Laguna

Motorista de aproximadamente 80 anos estava sozinho quando perdeu o controle do veículo com placas de Braço do Norte.

Senador garante R$ 40 milhões e obras da Serra da Rocinha não sofrem ameaça

PRF flagra caminhão com seis metros de carga para fora da carroceria na BR-101 em Maracajá

O M.Benz, com placas de Criciúma, transportava toras de madeira até Araranguá.