Segurança

Operação apura ligações irregulares de energia elétrica em Balneário Arroio Do Silva

Gaeco cumpriu dois mandados de prisões temporárias e oito mandados de busca e apreensão, dentre eles na Prefeitura Municipal e na empresa.

Foto: Bianca Gourlart/Arquivo

Atualizada às 16h51min – Na manhã desta terça-feira (19), Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (GAECO), em apoio à 2ª Promotoria de Justiça de Araranguá, deflagrou a Operação On/Off em Balneário Arroio do Silva. A operação apura irregularidades e supostos favorecimentos no fornecimento de energia elétrica no município.

De acordo com as investigações um antigo servidor da empresa fornecedora de energia da cidade promovia ligações irregulares de luz. Para concretizar a conduta, era solicitada a quantia de R$ 2.500,00 para a ligação da energia, dividida entre os participantes de um esquema que operava com autorização da Prefeitura Municipal. Um ex-servidor e um atual servidor da empresa de energia contavam, ainda, com o apoio de funcionários públicos do Município.

Foram cumpridos dois mandados de prisões temporárias e oito mandados de busca e apreensão em diversos locais, dentre eles na Prefeitura Municipal de Balneário Arroio do Silva e na empresa. No cumprimento dos mandados, ainda, foi preso em flagrante um servidor municipal por porte de arma irregular. As investigações continuam tramitando em sigilo.

 Prefeitura emite nota oficial

A Administração Municipal de Balneário Arroio do Silva esclarece à população que atendeu todas as solicitações feitas durante o cumprimento da medida cautelar de busca e apreensão realizada pelo Gaeco na manhã desta terça-feira, dia 19 de junho, na sede da Prefeitura.

O processo encontra-se em segredo de justiça, mas é importante esclarecer que a investigação não envolve como alvo o prefeito Juscelino da Silva Guimarães.

Ademais, esta Administração Municipal não medirá esforços para colaborar com as investigações e reforça que vai continuar contribuindo com a justiça para a elucidação de todos os fatos, em respeito ao Estado Democrático de Direito e suas Instituições.

Registramos, por fim, que apoiamos o trabalho das autoridades envolvidas na realização da operação, pois esta Administração Municipal desempenha funções com zelo, responsabilidade, transparência e honestidade.

 

Colaboração: Ministério Público Estadual

Notícias Relacionadas

Empresa terá que pagar multa por corte indevido de energia elétrica em Criciúma

O caso foi julgado pelo Juizado Especial Cível da comarca de Criciúma em pouco mais de um mês do início da ação. A rapidez se deve ao uso do sistema e-proc.

Proprietário de lavação é preso por tráfico de drogas em Orleans

Na delegacia, o acusado confirmou que entregou 15 gramas de crack para o usuário em troca de um Fiat Uno com problemas mecânicos.

Em cinco horas, PMRv recolhe 13 carteiras de motoristas e prende um por embriaguez ao volante em Laguna

O montante é preocupante segundo os policiais, já que foram somente 32 abordagens neste período. Motoristas pagarão multa de aproximadamente R$ 3 mil e ficarão sem a CNH por 12 meses.

Polícia Civil de Lauro Müller realiza operação e prende três pessoas por roubo

A Operação foi comandada pela delegada Jucinês Ferreira nesta quarta-feira (16)