Segurança

Operação Armagedom desarticula organização criminosa do tráfico de drogas em Araranguá

Foram mais de 130 policiais, cumprindo diversos mandados de buscas e prisões.

Foto: Divulgação

A Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Araranguá realiza desde às 6h a Operação Armagedom. O objetivo é desarticular uma organização criminosa voltada para o tráfico de drogas. No total são 31 mandados de busca e apreensão e 29 mandados de prisão. A ação é comandada pelo delegado Lucas Fernandes da Rosa.

“Queremos desarticular uma organização que atua em Araranguá e região. Foram nove meses de investigações”, comentou em entrevista ao Programa Adelor Lessa. “O que nós apuramos é que a droga comercializada no Sul de Santa Catarina vem do Mato Grosso do Sul e é distribuída aqui. Aqui esses entorpecentes são pulverizados”, explicou.

A DIC está cumprindo 14 mandados de sequestro de veículos, cinco mandados de sequestro de imóveis e realizou o bloqueio de 22 contas bancárias. “Aqui em Araranguá tem uma organização que seria a distribuidora. Então a gente retrocedeu até o fornecedor inicial. Conseguimos prender até os comandantes dessa organização criminosa”, afirmou o delegado.

São 130 policiais civis participando da Operação Armagedom, com auxílio do Canil K9 de Chapecó e São Lourenço do Oeste, o Serviço Aeropolicial (Saer) e outros apoiadores. “A operação ainda não está concluída. Abrangeu também Balneário Arroio do Silva, Sombrio, Santa Rosa, Criciúma, Garopaba e uma pessoa de Sete Quedas, no Mato Grosso do Sul. As autoridades policiais ainda estão trazendo as pessoas que estão sendo pesas”, destacou.

Com informações do site 4oito

Notícias Relacionadas

DIC de Criciúma apreende 1,5 kg de maconha e munição de calibre restrito

Operação resulta em apreensão de drogas e três prisões, em Imbituba

Operação Mito de Tântalo: suspeito de tráfico de drogas é preso em Lauro Müller

O grupo do suspeito movimentava grande quantidade de cocaína e maconha por semana.

VÍDEO: Motociclista cai da ponte após fugir da polícia, em Lauro Müller

O jovem, de 18 anos, portava maconha. Ele desrespeitou a ordem de parada da Polícia Militar e dispensou a droga antes de sofrer o acidente.