Trânsito

Operação Carnaval: Quatro mortes nas rodovias federais contra 11 de 2018

Ação da PRF terminou na noite de quarta-feira com números positivos em Santa Catarina.

Foto: Divulgação / PRF

Terminou às 23h59 desta quarta-feira (6) a Operação Carnaval 2019 da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Foram quatro mortes durante os seis dias de atividades, sete a menos do que em 2018, quando foram 11 óbitos. Nenhuma das mortes aconteceu na região Sul, registradas em Rodeio, Xanxerê, Joinville e Tijucas. Os números positivos foram conquistados graças a fiscalização.

“Quando as pessoas enxergam a Polícia fazendo fiscalização, os motoristas respeitam um pouco mais, então isso contribuiu”, comentou o chefe de comunicação da PRF, Luiz Graziano. Segundo ele, além das atividades desenvolvidas durante a Operação Carnaval, a falta de chuva contribuiu para a redução de mortes nas rodovias federais de Santa Catarina.

A PRF realizou ações para combater a embriaguez de condutores e o excesso de velocidade. Foram flagrados 246 motoristas dirigindo sob efeito de álcool e 7.845 veículos acima do limite de velocidade. O cinema rodoviário recebeu 2.301 pessoas, passando dicas sobre a segurança no trânsito. Conforme Graziano, essa é uma das épocas mais difíceis do ano.

“Na BR-101 houve ênfase na fiscalização em Laguna, porque é um polo muito conhecido no Brasil inteiro, na região de Florianópolis e entre Itapema e Balneário Camboriú”, destacou Graziano. “Foram quase 8 mil motoristas flagrados em excesso de velocidade. No Carnaval as pessoas extrapolam, desrespeitam a questão de dirigir depois de beber”, citou.

Com informações do site 4oito

Notícias Relacionadas

Coorsel encerra 2019 com mais de R$ 2,3 milhões investidos em infraestrutura

Além disso, a Cooperativa ainda renovou a frota em um investimento de aproximadamente R$ 700 mil

SC bate recorde com mais de 100 mil empresas abertas apenas em 2019

Comércio, indústria e construção civil lideram entre os segmentos de abertura de negócios.

Governo economiza R$ 80,3 milhões com órgãos vinculados à Casa Civil em 2019

O relatório anual foi entregue pelo chefe da Casa Civil, Douglas Borba, ao governador Carlos Moisés para prestação de contas e para auxiliar no planejamento de 2020.

Último final de semana de 2019 marca o primeiro transplante renal do Sul do Estado

A cirurgia foi realizada no HSJosé em Criciúma, que há um ano se preparava para realização deste tipo de procedimento.