Segurança

Operação da Polícia Federal mira desvios no Auxílio Emergencial em SC

Investigações começaram em outubro de 2021, no Planalto Serrano catarinense

Divulgação

A Polícia Federal deflagrou, nesta quarta-feira (23), a primeira fase da Operação Inclementer. A ação tem o objetivo de apurar um esquema de desvios de recursos públicos ligados ao Auxílio Emergencial no planalto serrano catarinense.  O benefício foi ofertado pelo Governo Federal a trabalhadores atingidos pela pandemia de Covid-19.

Segundo a PF, um mandado de busca e apreensão foi cumprido em Lages, na Serra, para colher provas sobre a participação das pessoas envolvidas no esquema, além da apreensão de bens e documentos que talvez estejam sendo utilizados para a execução dos crimes.

As investigações começaram a partir de uma denúncia de que pessoas, que estariam envolvidas com tráfico de drogas, também participavam de fraudes do Auxílio Emergencial por meio de nomes e dados de terceiros.

Os suspeitos começaram a ser investigados em outubro do ano passado na cidade de Lages e em outros municípios da região serrana, de acordo com a polícia.

A Polícia Federal informou que os investigados poderão ser indiciados pela prática dos crimes de furto qualificado mediante fraude, de falsificação de documento público e de associação criminosa. As penas máximas somadas podem chegar a 17 anos de prisão.

Segundo a Polícia Federal, o nome “Inclementer” vem do latim “impiedoso” ou “cruel”, em alusão às pessoas envolvidas no esquema, que não demonstram piedade pelo sofrimento alheio ou remorso pelos desvios de recursos praticados.

Com informações do NSCTotal

Notícias Relacionadas

Operação “Street Cleaner” é deflagrada na cidade de Lauro Müller

Com o intuito de controlar o tráfico de drogas a ação foi realizada na região de Barreiro, no distrito de Guatá

Homem é achado morto em cama de hotel em SC

Ele estava no município para o evento de uma empresa de climatizadores evaporativos; vítima foi identificada como Geraldo Paulo Marques

Bandidos esquartejam vacas para roubar carne em cidade do Norte de SC

As vacas foram esquartejadas em uma fazenda na localidade de Mafra; prejuízo deve ser de mais de R$ 35 mil

Duas cidades de SC estão entre as mais solidárias do país segundo a ONU; saiba quais

Municípios são destaque no atendimento e acolhimento a refugiados e migrantes