Segurança

Operação ‘Feliz Mano Novo’ prende suspeitos de tráfico de drogas, homicídios e roubos

Quadrilha investigada é do Rio Grande do Sul e estaria se instalando em municípios catarinenses, de acordo com a Polícia Civil.

Divulgação

Um operação da Polícia Civil de Sombrio, no Sul do estado, cumpre mandados de prisão preventiva e busca contra suspeitos de integrarem uma organização criminosa do Rio Grande do Sul. A ação, intitulada “Operação Feliz Mano Novo”, em referência ao nome na organização, é realizada nesta sexta-feira (10).

O grupo é suspeito de atuar no tráfico de drogas e em homicídios e roubos na região catarinense. Até as 9h desta sexta, 18 ordens judiciais haviam sido cumpridas, além de uma prisão em flagrante.

Os mandados foram cumpridos em Sombrio, Balneário Gaivota, Araranguá, Santa Rosa do Sul e nos municípios gaúchos de Torres, Osório, Montenegro e Santa Maria.

Outras 20 ordens judiciais de busca resultaram na apreensão de cocaína, crack, arma e dinheiro. A quantia não foi informada.

Investigação

De acordo com o delegado responsável pelo caso, Luiz Otávio Pohlmann, a organização gaúcha buscava se instalar no Sul catarinense.

Mandados foram cumpridos também contra suspeitos que já estavam presos no sistema prisional, como a pessoa apontada como chefe do grupo, de acordo com o delegado.

“Ele se encontrava recluso na penitenciária de Montenegro (RS), onde comandava toda a situação em Sombrio, com os seus subordinados. As ordens eram passadas tanto a sua companheira, por telefone, como pessoalmente, e essa fazia o elo aqui na região”, afirmou Pohlmann.

Além do crime de organização criminosa, os investigados deverão ser indiciados por cinco homicídios praticados na região, tráfico de drogas e roubos em residências e estabelecimentos comerciais.

Com informações do site G1/SC

Notícias Relacionadas

Polícia Civil apresenta dados positivos na repressão de roubos em Criciúma com prisões realizadas e criminosos identificados

Comparado com 2018, os dados indicam redução de roubos com uso de arma de fogo, roubos em residência e roubos com mais de três autores, com estabilização da quantidade de roubos gerais.

Índices de crimes caem bruscamente em Orleans

Segundo dados divulgados pela Polícia Civil, houve redução de 300% dos crimes de roubo e quase 30% do número de furtos.

DIC de Criciúma apreende 1,5 kg de maconha e munição de calibre restrito

Operação resulta em apreensão de drogas e três prisões, em Imbituba